Publicidade

Correio Braziliense

Ciclovia que desabou duas vezes no Rio pode ganhar nome de Eduardo Paes

O local que liga o Leblon a São Conrado, na Zona Sul carioca, se chama atualmente Ciclovia Tim Maia, em homenagem ao cantor


postado em 16/02/2018 10:14 / atualizado em 16/02/2018 10:49

A ciclovia foi construída no governo do ex-prefeito Eduardo Paes (foto: Reprodução/Facebook)
A ciclovia foi construída no governo do ex-prefeito Eduardo Paes (foto: Reprodução/Facebook)
 
 
Após desabar pela segunda vez, a ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, pode mudar de nome para “homenagear” seu principal responsável. Isso se a Câmara Municipal aprovar um projeto de lei apresentado nessa quinta-feira pelo vereador Renato Cinco (Psol) para dar ao local o nome de Eduardo Paes, ex-prefeito do Rio.

Após desabar pela segunda vez, a ciclovia Tim Maia, no Rio de Janeiro, pode mudar de nome para “homenagear” seu principal responsável. Isso se a Câmara Municipal aprovar um projeto de lei apresentado nessa quinta-feira pelo vereador Renato Cinco (Psol) para dar ao local o nome de Eduardo Paes, ex-prefeito do Rio.
 
A ciclovia Tim Maia desabou pela segunda vez nessa quinta-feira, por causa da chuva(foto: Tomaz Silva/Agencia Brasil)
A ciclovia Tim Maia desabou pela segunda vez nessa quinta-feira, por causa da chuva (foto: Tomaz Silva/Agencia Brasil)


Para a mudança de nome, o vereador Renato Cinco diz que a ciclovia foi construída durante o governo Eduardo Paes e cita os dois acidentes. Nessa quinta-feira (15/2), um novo trecho da via desabou após a forte chuva que atingiu o Rio. “É lamentável que tal obra tenha o nome do cantor Tim Maia, que tanto contribuiu para a cultura brasileira. O mais justo é que o principal responsável por ela é quem receba o seu nome”, justifica o vereador.

A ciclovia fica na Avenida Niemeyer, em São Conrado, na Zona Sul carioca. A via, que liga o Leblon a São Conrado, tem quase quatro quilômetros e fica à beira mar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade