Publicidade

Correio Braziliense

Pimentel sobre troca de Lula: "Transferência de votos já está acontecendo"

Lideranças petistas, como o governador de Minas Gerais, acreditam que eleitores de Lula votarão em Haddad, novo cabeça de chapa do partido


postado em 11/09/2018 15:32 / atualizado em 11/09/2018 15:52

(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
 
O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), disse nesta terça-feira (11/9) em Curitiba que a troca de Luiz Inácio Lula da Silva por Fernando Haddad como candidato do partido a presidente da República é uma resposta à decisão que considera injusta por parte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de barrar a presença do ex-presidente na disputa. “É uma violência que está sendo cometida contra a democracia”.

A decisão, tomada na reunião da manhã de hoje da Executiva do PT em Curitiba, teve o apoio do principal nome do PT, que está preso na cidade. “O presidente Lula foi consultado. Ele está indicando o companheiro Fernando Haddad”.

Pimentel acredita que o partido terá sucesso na corrida eleitoral, embora Haddad esteja muito atrás dos demais candidatos na preferência do eleitor. “A transferência de votos já está acontecendo. As pesquisas já estão mostrando isso. As últimas já mostram o Fernando Haddad crescendo, e, daqui para frente, isso vai acelerar. Eu não tenho nenhuma dúvida de que a gente coloca o companheiro Haddad no segundo turno. E vamos ganhar a eleição, com a força do Lula, com a indicação dele e o amplo apoio da população brasileira”, afirmou o governador mineiro, que é candidato à reeleição.

 
Herança do PT 

A substituição de Lula por Haddad anima parlamentares petistas. Candidato a reeleição, o senador Paulo Paim (RS) acha que a alternativa é natural no processo e que o ex-prefeito de São Paulo tem as condições necessárias para chegar ao segundo turno. “A estratégia sempre foi Lula ou o indicado por ele. Haddad terá a herança do PT a favor para empurrá-lo nas pesquisas e na preferência do eleitor”, analisou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade