Publicidade

Correio Braziliense

Em meio a onda de protestos, manifestantes também apoiam Bolsonaro

No Rio de Janeiro, vestidos de verde e amarelo e com a bandeira do Brasil, os apoiadores se concentraram na Avenida Atlântica, em Copacabana, zona Sul da cidade


postado em 29/09/2018 16:20 / atualizado em 29/09/2018 17:54

(foto: CARL DE SOUZA/AFP)
(foto: CARL DE SOUZA/AFP)

 

Em meio a manifestações contrárias ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), eleitores do capitão reformado também vão às ruas neste sábado (29/9). No Rio de Janeiro, vestidos de verde e amarelo e com a bandeira do Brasil, os apoiadores se concentraram na Avenida Atlântica, em Copacabana, zona Sul da cidade.

 

A manifestação carioca foi formada tanto por mulheres quanto por homens e se espalharam por um trecho cerca de 100m. Com uma imagem de Bolsonaro de papelão em tamanho real em cima do carro de som, o ato começou às 14h20 com o Hino Nacional e um Pai Nosso. 

 

"Somos um movimento de paz e harmonia", afirmou do microfone uma das líderes do movimento. "Aqui tem mãe solteira, tem mãe com dificuldade para pagar suas contas, que se vira nos trinta", declarou a ex-ativista do grupo feminista Femen Sara Winter. Candidata a deputada federal pelo DEM, pouco antes ela posou para foto segurando um "fuzil" de papelão. 

  

Durante a manhã, a região metropolitana de Belo Horizonte também recebeu carreatas em apoio ao presidenciável, que teve alta após 23 dias internado em São Paulo. Eles se organizaram em frente à Praça Sete. Em Rio Verde (GO), por volta das 11h, milhares de veículos também participaram de buzinaço em ato no centro da cidade. Nas redes sociais, eleitores também mostraram protestos em Sete Lagoas (MG) e Ourinhos (SP). 

 

A hashtag #TodosComBolsonaro chegou a entrar nos assuntos mais comentados do Twitter durante à tarde. 

 

*Com informações da Agência Estado 

  

Veja a repercussão nas redes sociais:

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade