Publicidade

Correio Braziliense

Além do ''cocô'': o que mais disse Bolsonaro em seu discurso no Piauí

Na cidade de Paranaíba (PI), Bolsonaro, além de chamar comunistas e corruptos de ''cocô'', falou de armas, Argentina, Estado laico e governadores do Nordeste, entre outros temas


postado em 14/08/2019 15:47 / atualizado em 14/08/2019 16:19

(foto: Reprodução/YouTube)
(foto: Reprodução/YouTube)
Em sua visita à cidade de Parnaíba (PI), para inaugurar uma escola com seu nome, o presidente Jair Bolsonaro chamou a atenção ao dizer que "corruptos e comunistas" são o "cocô do Brasil". A fala, que repercutiu instantaneamente, foi um trecho do disscurso de quase 15 minutos que ele proferiu ao lado do prefeito do município, o ex-senador e governador do estado Mão Santa (SD).

Além do ataque à esquerda, Bolsonaro também criticou governadores do Nordeste, que recentemente criticaram declarações do presidente sobre nordestinos; defendeu o acordo entre o Mercosul e a União Europeia; disse que "bandidos" tentam voltar ao poder, em referência à vitória nas prévias eleitorais da chapa de Alberto Fernández e Cristina Kirchner; e afirmou que o Estado é laico, mas o atual governo é cristão, como a maioria da população.

Veja a seguir os principais trechos do discurso:

Governadores do Nordeste
"Vemos alguns governadores querendo separar o Nordeste do Brasil. Esses cabras estão no caminho errado. O caminho do Brasil é um só. Um só povo, uma só raça, uma só bandeira verde e amarela."

Acordo Mercosul-UE
Uma das coisas mais importantes (sobre o acordo centre União Europeia e Mercosul): lá fora, não terá barreira para importar as frutas produzidas no Brasil. A tarfia será zero. Vamos exportar mais ainda para a Europa. A fruticultura é a vocação de Parnaíba. Estou aqui para anunciar que, apesar da petralhada ter roubado quase tudo no Brasil, nós estamos fazendo muitos esforços para arranjar recursos para essa área. Queremos concluir canais de irrigação, para trazer trabalho para todos vocês."

Honestidade
"Pela primeira vez na história do Brasil, nós temos um presidente que não mede esforços para cumprir aquilo que prometeu por ocasião das eleições. E como diz uma velha canção de vocês: o que o Nordeste precisa, e vai ter, é chuva de honestidade."

O Estado é laico, mas...
"Fizeram uma sacanagem comigo por ocasião das eleições, quando eu falei que o Piauí ficava na Ásia. Piauí vai ser um tigre asiático. O Piauí tem tudo para crescer. Tem terra, tem água e tem um povo maravilhoso. E mais do que isso. Um povo que acredita em Deus. Nós respeitamos todas as religiões, mas 90% da população é cristã. O Estado é laico, mas nós aqui somos cristãos e acreditamos em Deus." 

Ideologia de gênero
"Acabou com a história de bagunçarem com a família brasileira. A família brasileira é sagrada. Nas escolas, estamos vendo cada vez menos aquele lixo, aquela coisa do capeta chamada ideologia de gênero. Ideologia de gênero é a ponta da praia. Nós vamos mudar esse Brasil. Esse povo tem vontade, tem raça e tem fé. E agora vocês têm um governo cristão." 

Argentina
"Nós juntos vamos colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece. Nós juntos vamos varrer a corrupção e o comunismo do Brasil. Olha o que está acontecendo na Argentina agora. A Argentina está mergulhando no caos. A Argentina começa a trilhar o rumo da Venezuela porque, nas prmárias, bandidos de esquerda começaram a voltar ao poder." 

Armamentos
"O Brasil tem a sua vocação, tem a sua cultura, tem a sua vocação judaico-cristã. O Brasil tem um povo que ama a democracia e não vive sem a liberdade. O que esse povo de esquerda sempre quis foi roubar a nossa liberdade. Não vamos admitir isso, porque a nossa liberdade vale muito mais que a nossa vida. Por isso defendo para vocês a posse das armas de fogo, e o porte também. O povo armado jamais será subjugado. Fiz o possível por meio do decreto. Arma é sinônimo de força e liberdade."



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade