Publicidade

Correio Braziliense

Ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes é internado em Brasília

A presença dele era esperada na Comissão do Meio Ambiente da Câmara dos Deputados para que ele explicasse a polêmica envolvendo a saída do diretor do Inpe


postado em 12/09/2019 10:53 / atualizado em 12/09/2019 15:31

(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
O ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, foi internado no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, no início da manhã desta quinta-feira (12/9). A informação foi confirmada pela pasta. De acordo com o boletim médico divulgado a tarde, ele foi internado na urgência por apresentar sintomas de tontura, dificuldade andar, náuseas, vômitos e suor.

 

De acordo com o boletim, Pontes recebeu alta passar por exmes e ser medicado. A recomendação do brigadeiro médico Marcos Vieira Maia, que assina o boletim, é que o ministro faça repouso absoluto nas próximas 48 horas.

A presença de Marcos Pontes era esperada na Comissão do Meio Ambiente da Câmara dos Deputados para que ele explicasse a polêmica envolvendo a saída do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) Ricardo Galvão.

A ausência do ministro foi confirmada pelo deputado Rodrigo Augustinho (PSB-SP), ao abrir a sessão. "Nós estamos com um problema, o ministro Marcos Pontes foi internado no Hospital das Forças Armadas por um problema de saúde. Nós estamos aqui com a equipe técnica do ministério", disse. Segundo Augustinho, a internação ocorreu na quarta-feira (11/9).

A deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS), também presente na sessão, desejou melhoras a Marcos Pontes. "Nós sabemos que foi um motivo de força maior a não vinda do ministro. Um mal súbito, que o ministro inclusive está internado”, disse.

 

Pontes é o segundo ministro do governo que vai parar no hospital nas últimas duas semanas. Em 27 de agosto, o  ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, 44, também foi internado no HFA. O motivo da internação, segundo o boletim médico, foi um mal estar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade