Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: deputado Coronel Tadeu arranca banner que critica racismo

A ilustração retirada à força pelo parlamentar mostrava um policial de costas, com uma arma nas mãos, afastando-se do corpo de um jovem negro estirado ao chão, vestido com a bandeira do Brasil


postado em 19/11/2019 18:33 / atualizado em 19/11/2019 18:43

Pelas redes sociais, o Coronel Tadeu afirmou que
Pelas redes sociais, o Coronel Tadeu afirmou que "policiais não são assassinos" (foto: Reprodução/Twitter)
O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) arrancou do corredor da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (19/11), um banner de uma exposição que critica o racismo. A ilustração retirada à força pelo parlamentar mostrava um policial de costas, com uma arma nas mãos, afastando-se do corpo de um jovem negro estirado ao chão, vestido com a bandeira do Brasil. 

 

A imagem já havia sido alvo de críticas pelo Capitão Augusto (PL-SP), mais cedo, que pediu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) para retirar o banner da exposição

 

Pelas redes sociais, o Coronel Tadeu afirmou que "policiais não são assassinos". "Policiais são guardiões da sociedade, sinto orgulho de ter 600 mil profissionais trabalhando pela segurança de 240 milhões de brasileiros", escreveu no Twitter. A mensagem acompanha o vídeo em que Coronel Tadeu arranca da parede o banner. 

 

 

A oposição reagiu à atitude do parlamentar. Também pelas redes sociais, a deputada Érika Kokay (PT-DF) classificou o ato como "intolerável" e disse que a oposição vai "representar contra essa ação de ódio e de racismo do parlamentar no Conselho de Ética", escreveu no Twitter. 

 

No fim desta tarde, o nome do Coronel Tadeu era um dos assuntos mais comentados no microblog. Veja algumas das reações:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade