Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: Janaína Paschoal bate-boca, aos gritos, com deputado do PSL

Após discussão, a sessão na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo foi suspensa pelo presidente da Casa


postado em 27/11/2019 10:26 / atualizado em 27/11/2019 10:27

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
A sessão na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) precisou ser suspensa após um bate-boca entre os deputados estaduais Janaína Paschoal (PSL) e Gil Diniz (PSL) por causa do aumento de 5% concedidos aos policiais do Estado. 

 

Diniz discursava na tribuna da Casa quando foi interrompido pela colega de partido. “Ele está desrespeitando a gente”, acusou Paschoal. O deputado, então, retruca. “Onde eu não estou te respeitando?”. E Janaína responde elevando a voz. “Vossa excelência votou a favor do governador.”

 

Em seguida, os dois batem-boca. O presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), tenta acalmar os ânimos e pede calmas aos deputado. O microfone de Paschoal chega a ser cortado, mas ela continua esbravejando contra Diniz, que também responde aos gritos. Sem conseguir trégua, Macris suspende a sessão.

 

Quem são os deputados?

A advogada Janaína Paschoal ganhou fama nacionalmente por ser uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e foi eleita a deputada estadual mais votada de São Paulo na última eleição. Filiada ao PSL, a parlamentar foi cogitada a ser a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro.

 

Conhecido como "Carteiro Reaça", Gil Diniz é o líder do PSL na Alesp. Mas ele ficou mais conhecido, recentemente, após um ex-assessor parlamentar denunciar à Procuradoria-Geral de Justiça um suposto esquema de "rachadinha" no gabinete do deputado. Diniz também foi assessor de Eduardo Bolsonaro antes de se eleger deputado.


 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade