Publicidade

Correio Braziliense

PF espera ouvir Sara Winter nesta terça-feira; ela disse que não vai

Polícia Federal também intimou o blogueiro Allan dos Santos e o militar Winston Lima. Os três devem prestar depoimento no âmbito do inquérito que apura fake news


postado em 01/06/2020 20:02 / atualizado em 01/06/2020 20:17

(foto: Twitter/Reprodução)
(foto: Twitter/Reprodução)
A Polícia Federal espera ouvir, esta semana, três pessoas que foram alvo da operação contra fake news deflagrada na última quarta-feira (27/5). São elas: a militante Sara Winter, o blogueiro Allan dos Santos e o comandante da Marinha Wiston Lima.

O primeiro depoimento, de Sara Winter, foi marcado para esta terça-feira (2/6), às 14h, em Brasília. Mais cedo, nesta segunda-feira, a coordenadora do movimento Os 300 do Brasil divulgou um vídeo no qual disse que se recusaria a comparecer e desafiou a PF a prendê-la. "Não vou nessa bosta", disse, depois de ler parte da intimação.

Allan dos Santos e Winston Lima também confirmaram pelas redes sociais que foram intimados. Eles devem ser ouvidos na quarta e na quinta-feira, respectivamente.

Santos comparou a ação a um golpe em curso no Brasil. Já Lima, que se autointitula ativista e coordenador do Bloco Movimento Brasil, disse que nunca imaginou "sofrer tanto constrangimento por amar o meu País, defender a fé cristã e a família".



Alvos de operação

Os três são apoiadores do presidente Jair Bolsonaro e tiveram equipamentos eletrônicos confiscados na última quarta-feira durante operação da PF determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.

A ação, que também mirou políticos da base do governo, acirrou a crise entre o Planalto e o STF. No próximo dia 10, o Plenário da Corte julgará de o inquérito será extinto ou não.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade