Politica

Prisão de Fabrício Queiroz repercute entre políticos da oposição

Fabrício Queiroz foi detido nesta quinta-feira, (18/6), na residência do advogado do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 18/06/2020 11:19
[FOTO1619288]A prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), em um sítio em Atibaia (SP) nesta quinta-feira (18/6), provocou reação entre os políticos que fazem oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

O policial militar aposentado estava em um sítio de propriedade de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro. Ele não resistiu à prisão, passou por exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) e foi levado de helicóptero para o Rio de Janeiro. Dois celulares, documentos e uma quantia em dinheiro foi apreendida na residência.

A prisão é o assunto mais comentado nas redes sociais desde as primeiras horas da manhã no Twitter. O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), ex-aliado do presidente Bolsonaro, usou a rede social para comemorar operação que capturou o policial militar aposentado. "Grande dia para a justiça", comentou.

[SAIBAMAIS]O deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP) também usou seu perfil no microblog para dizer que acredita que Flávio Bolsonaro sabia onde seu ex-assessor estava escondido. ;O perdido Queiroz não estava tão perdido assim, só esquecemos de olhar debaixo da asa da família;, escreveu.

Marcelo Freixo (Psol-RJ) acrescentou que Fabrício Queiroz era amigo de Bolsonaro e conhecia todas as relações da família do presidente. ;Ele jogava em todas as posições no time da família: ponta de lança na área da milícia, articulador das rachadinhas no gabinete do Flávio, trouxe o matador Adriano da Nóbrega para o elenco e ainda depositou dinheiro na conta da primeira-dama (Michelle Bolsonaro)", disse.

Confira algumas reações de parlamentares da oposição:

[VIDEO1]
[VIDEO2]
[VIDEO3]
[VIDEO4]
[VIDEO5]
[VIDEO6]
[VIDEO7]
[VIDEO8]

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação