Politica

Flávio Bolsonaro presta depoimento sobre vazamento de operação da PF

Senador teria sido informado, com antecedência, sobre operação que mirou Fabrício Queiroz

Renato Souza
postado em 20/07/2020 15:14

O depoimento ocorre no gabinete do senador, que pode escolher data e local em razão do cargo que ocupaO senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) presta depoimento, nesta segunda-feira (20/7), a Polícia Federal, em Brasília, no inquérito que investiga se ele recebeu informações antecipadas sobre a Operação Furna da Onça, que mirou o ex-assessor Fabrício Queiroz.

Ele foi acusado pelo empresário Paulo Marinho, que foi coordenador de campanha do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o Executivo, Flávio foi informado com antecedência, em 2018, por um delegado da PF sobre a operação contra Queiroz. O delegado seria apoiador do presidente Bolsonaro, e teria inclusive atrasado a operação para não prejudicar a campanha do atual chefe do Executivo.

O depoimento ocorre no gabinete do senador, que pode escolher data e local em razão do cargo que ocupa. A defesa afirma que ele é ouvido na condição de testemunha. A Furna da Onça investiga um esquema de corrupção montado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e identificou movimentações suspeitas de R$ 1,2 milhão nas contas de Queiroz.

Ex-assessor preso

O ex-assessor foi preso, no mês passado, na casa do agora ex-advogado de Flávio Frederico Wassef, sob acusação de se envolver em um esquema de rachadinha, que envolveria também o senador e funcionários de gabinete quando ele era deputado estadual.

O depoimento do senador é colhido pelo procurador Eduardo Benones, do Núcleo de Controle Externo da Atividade Policial do MPF.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação