Anvisa aprova quarto ensaio clínico de vacina contra a covid-19

A previsão é que o estudo se inicie em setembro e que sete mil voluntários de sete estados brasileiros sejam recrutados

Renata Rios
postado em 18/08/2020 10:56 / atualizado em 18/08/2020 11:04
 (foto: Silvio Avila/AFP)
(foto: Silvio Avila/AFP)

Mais uma vacina contra a covid-19 recebeu o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para conduzir ensaios clínicos no Brasil. A decisão saiu no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (18/8) e entra em vigor na data de publicação. Batizado de Ad26.COV2.S, o imunizante é desenvolvido pela empresa Janssen-Cilag Farmacêutica. A previsão é que o estudo se inicie em setembro e que sete mil voluntários de sete estados brasileiros sejam recrutados.

De acordo com informações do site da agência, o ensaio clínico aprovado é para a fase 3: "randomizado, duplo cego, controlado por placebo, para avaliar a eficácia e a segurança de Ad26.COV2.S na prevenção de covid-19 mediada por Sars-CoV-2 em adultos com 18 anos ou mais". O texto ainda informa que a vacina será aplicada em dose única ou placebo para o teste.

Ao todo o estudo deverá contar com até 60 mil voluntários, sete mil desse total devem ser do Brasil. São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Norte são os estados que participam desta fase da pesquisa. O recrutamento dos voluntários é responsabilidade dos centros que conduzem a pesquisa.

Antes de aprovar o ensaio clínico, a Anvisa realizou reuniões com a equipe da Janssen, para alinhar todos os requisitos técnicos necessários para a condução dos testes. "Os dados que embasaram a autorização da Anvisa incluíram estudos não clínicos com a vacina e dados não clínicos e clínicos acumulados de outras vacinas que utilizam a mesma plataforma Ad26", informou o texto publicado.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação