PANDEMIA

Covid-19: Brasil ultrapassa 163 mil mortes nesta quarta-feira (11/11)

Após uma semana com instabilidades no sistema de registro do Ministério da Saúde, foram acrescentados mais 544 óbitos e 48.331 novas infecções

Bruna Lima
postado em 11/11/2020 20:10
 (crédito: Douglas Magno/AFP)
(crédito: Douglas Magno/AFP)

Com uma semana de defasagens nas atualizações dos números da covid-19, o Brasil registrou um aumento no número de novos casos e mortes, nesta quarta-feira (11/11), ficando acima das médias móveis. Foram acrescentados 544 fatalidades e 48.331 infectados, chegando ao total de 163.373 óbitos e 5.748.375 de confirmações desde o início da pandemia no país.

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil está em 323, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). O número considera a média diária de mortes da última semana para eliminar distorções geralmente observadas nos dados dos fins de semana.

No Brasil, das 27 unidades federativas, 24 registram números acima de mil mortos pelo novo coronavírus. São Paulo (39.907) e Rio de Janeiro (20.970) são os dois estados com mais de 20 mil óbitos cada. Depois de dias com dificuldade em inserir os dados no sistema, só os números de SP acrescentaram mais 24.936 casos e 190 mortes por covid nesta quarta.

Problemas técnicos

De acordo com o Ministério da Saúde, problemas técnicos inviabilizaram parte das atualizações. A rede de tecnologia da pasta foi afetada por um vírus na última quinta-feira (5), que atingiu estações de trabalho do órgão. "Por medida de segurança, a equipe bloqueou o acesso à internet, controlando a propagação do vírus, evitando maiores prejuízos ao parque tecnológico da pasta e garantindo a segurança dos dados", disse, por meio de nota oficial.

Estados

Acumulando mais de mil mortes pela covid-19 estão ainda: Ceará (9.418), Minas Gerais (9.204), Pernambuco (8.773), Bahia (7.859), Pará (6.802), Rio Grande do Sul (6.034), Goiás (5.900), Paraná (5.563), Amazonas (4.655), Maranhão (4.146), Espírito Santo (3.968), Mato Grosso (3.888), Distrito Federal (3.788), Santa Catarina (3.268), Paraíba (3.178), Rio Grande do Norte (2.610), Piauí (2.486), Alagoas (2.282), Sergipe (2.247), Mato Grosso do Sul (1.645), Rondônia (1.486) e Tocantins (1.120). Apenas três estados registram menos de mil fatalidades: Amapá (770), Acre (705) e Roraima (701).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação