Pandemia

Covid-19: FAB envia nova leva de cilindros de oxigênio a Manaus

Ao todo, a Força Aérea Brasileira transportou oito toneladas de materiais hospitalar, incluindo camas, macas, barracas e oxigênio. O objetivo das missões é enviar ao estado até o final da ação 386 cilindros de oxigênio

Natália Bosco*
postado em 14/01/2021 16:56 / atualizado em 14/01/2021 16:56
 (crédito: Centro de Comunicação Social da Aeronáutica)
(crédito: Centro de Comunicação Social da Aeronáutica)

Aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou da base do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), com destino a Manaus (AM), para fazer a entrega de oito toneladas de material hospitalar. A ação foi iniciada na tarde de quarta-feira (13/1), às 16h10, quando decolou. Os materiais, que incluem camas, macas, barracas e cilindros de oxigênio, chegaram à capital do Amazonas às 21h do mesmo dia. Na tarde desta quinta-feira (14), os hospitais começaram a receber os insumos, após a população local relatar falta de oxigênio nos centros de internação.

A missão teve início na última sexta-feira (8), e deve ser concluída no próximo domingo (17). O objetivo é enviar ao estado até o final da ação 386 cilindros de oxigênio por aviões da Força Aérea Brasileira (FAB).

Segundo a FAB, a missão marca o início de uma nova fase de combate à covid-19 em 2021. “É um orgulho poder ombrear com militares e civis num esforço conjunto de combate à pandemia. Esperamos que, muito em breve, estejamos todos celebrando o fim desses infortúnios”, disse o comandante da Aeronave, Major Aviador Flavio Diniz Pereira.

Pelo Twitter, o vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), divulgou a missão realizada pela Força Aérea Brasileira.

*Estagiária sob supervisão de ...

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE