Caso Henry Borel

"Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito", diz pai de Henry Borel

Mãe e padrasto da criança foram presos nesta quinta-feira, após mensagens de celular da babá do menino revelarem que mãe sabia das agressões

Thays Martins
postado em 08/04/2021 15:18
 (crédito: Instagram/ reprodução )
(crédito: Instagram/ reprodução )

O pai do menino Henry Borel, 4 anos, Leniel Borel, pronunciou-se após a prisão preventiva da ex-mulher, Monique Medeiros, mãe da criança, e do namorado dela, Dr. Jairinho. "Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito". disse o engenheiro à TV Globo

Antes mesmo de saber da prisão do casal, Leniel tinha postado nas redes sociais uma homenagem ao filho. Nesta quinta-feira (8/4), completa um mês da morte da criança. "Henry, 30 dias desde que te dei o último abraço. Nunca vou esquecer de cada minuto do nosso último final de semana juntos. Deixar você bem, cheio de vida, com todos os sonhos e vontades de uma criança inocente. Desculpe o papai por não ter feito mais, lutado mais e protegido você muito mais", escreveu. 

O padrasto e mãe do menino foram presos nesta quinta-feira (8/4) por terem atrapalhado as investigações do caso. A Polícia Civil disse já ter provas suficientes de que Dr. Jairinho torturou a criança até a morte. Henry Borel morreu com lesões no fígado, rim, pulmão e crânio. Ele já chegou no hospital sem vida. 

Agressões eram recorrentes 

A Polícia Civil teve acesso a mensagens trocadas entre a mãe da criança e a babá, em que ela relata agressões sofridas pelo menino em 12 de fevereiro, quase um mês antes da morte de Henry. Apesar disso, Monique não denunciou o namorado e mentiu em depoimento à polícia. 

O casal alega que a criança morreu após ter caído da cama. Porém, a autópsia e reconstituição dos fatos afastaram a hipótese de acidente doméstico

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE