FECHADA NO TRÂNSITO

Mulher morre esmagada por carreta após briga de trânsito

Vítima estava na garupa da moto de seu marido, que é apontado como um dos causadores do acidente fatal

Ivan Drummond - Estado de Minas
postado em 24/06/2021 16:33
 (crédito: PMRv )
(crédito: PMRv )

Uma briga no trânsito no Anel Rodoviário de Belo Horizonte, próximo ao Viaduto São Francisco, entre um motoqueiro e o motorista de uma Kombi, resultou numa tragédia: a morte de uma mulher de 49 anos, que estava na garupa do motoqueiro, que era seu marido. A moto se chocou com o carro e a mulher foi atirada debaixo das rodas de um caminhão que passava pelo local. Ela morreu esmagada.

A batida ocorreu no final da tarde desta quarta-feira (23/6), na altura do KM 464, em um dos pontos mais movimentados do Anel. Segundo Boletim de Ocorrências (BO) da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o motorista da Kombi teria dado uma fechada no motociclista, que saiu atrás deste, emparelhando seu veículo e começando uma discussão.

Em dado momento, motocicleta e Kombi acabaram se chocando. A mulher se desequilibrou, caiu da moto, batendo na Kombi e foi atirada ao solo, sendo esmagada pela roda da carreta que seguia logo atrás.

Os três veículos estavam no sentido Rio de Janeiro e, em função do acidente, formou-se um grande engarrafamento, uma vez que duas pistas do Anel tiveram de ser fechadas e o trânsito passou a ser feito em apenas uma pista.

A perícia compareceu ao local e o corpo foi encaminhado para o IML. O motoqueiro e os dois motoristas, da Kombi e do caminhão, foram encaminhados ao Plantão do Detran, para prestar depoimentos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE