Meio ambiente

Tartaruga-gigante rara é encontrada encalhada em praia de Santa Catarina

Espécie pode chegar a quase 2 metros de comprimento curvilíneo e pesar meia tonelada

Correio Braziliense
postado em 30/08/2021 09:11
 (crédito: Univali/ reprodução )
(crédito: Univali/ reprodução )

Uma tartaruga-de-couro, também conhecida como tartaruga-gigante, espécie considerada rara, foi encontrada encalhada na praia do Perequê, em Porto Belo, litoral norte de Santa Catarina, na última quinta-feira (19/8). De acordo com Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, esta é a sétima da espécie encontrada no trecho em seis anos.

Ainda segundo o projeto, a carcaça da tartaruga, que tinha 1,25m e pesava 225kg, já estava em estágio avançado quando eles chegaram ao local. Ela foi encaminhada para Unidade de Estabilização de Animais Marinhos, em Penha (SC), onde passou pelo exame de necropsia.

A necropsia não conseguiu descobrir a razão da morte, mas encontrou uma palidez renal grave, que poderia indicar um processo degenerativo renal e edema subcutâneo generalizado, que pode ocorrer em casos de distúrbios renais.

Além disso, havia sinais de que a tartaruga estava se alimentando e de que era um macho subadulto – quando passou pela fase juvenil, mas ainda não possui as características típicas de um adulto.

As tartarugas-de-couro só se aproximam do litoral na fase de desova, em época reprodutiva. Elas são conhecidas por tartaruga-gigante, devido ao comprimento da carapaça e podem chegar a quase 2 metros e  500 quilos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE