Golpe

Mulher extorque R$ 400 mil aplicando golpe de "espiritualidade"

A suspeita dizia a vítima que se não lhe desse o dinheiro para umas "rezas", ela e a família teriam problemas sérios de saúde

Camilla Germano
postado em 10/11/2021 20:11 / atualizado em 10/11/2021 20:12
 (crédito: Reprodução/Polícia Civil do Estado de Goiás)
(crédito: Reprodução/Polícia Civil do Estado de Goiás)

 

Uma mulher foi presa na cidade de Alvorada do Norte, Goiás, na última segunda-feira por suspeita de extorsão. Segundo a vítima, a extorsão ocorreu por anos sob a promessa de mal espiritual para a vítima e seus familiares. A acusada ainda dizia que caso não fossem pagos altos valores pela realização de sessões espirituais e “rezas”, a vítima e os familiares padeceriam de problemas sérios de saúde.

Ao longo de mais de quatro anos, a vítima afirma que repassou mais de R$ 400 mil para a acusada. A investigação da Delegacia de Alvorada do Norte e da Policia Civil do Estado de Goiás revelou diversos depósitos e transferências de valores debitados da conta da vítima e creditados na conta da suspeita. Além disso, a suspeita chegou a exigir uma procuração de transferência da casa em que a vítima morava, o que foi feito devido ao frágil estado emocional e desespero.

Após a instrução do inquérito policial, provas adquiridas ao longo da apuração e fortes indícios de autoria, a foi emitido um mandato de prisão preventiva para a suspeita. A prisão foi feita pela PCGO quando a acusada saia de um supermercado, situado na cidade de Simolândia. Ela foi encaminhada para o presídio de Formosa-GO

Segundo a Polícia Civil do Estado de Goiás, eles ainda apuram a existência de mais vítimas pela utilização do mesmo “modus operandi”. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE