Polícia

Oito corpos são encontrados no Complexo do Salgueiro após operação da PM

Local onde as vítimas foram encontradas é o mesmo em que um Policial Militar, que fazia patrulhamento, foi morto neste domingo.

Correio Braziliense
postado em 22/11/2021 10:16
 (crédito: Reprodução/ TV Globo)
(crédito: Reprodução/ TV Globo)

Na manhã desta segunda-feira (22/11), pelo menos oito pessoas foram encontradas mortas no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Os próprios moradores da região estavam fazendo a retirada dos corpos, que foram encontrados numa região de mangue. 

Ao Bom dia RJ I da TV Globo, o o porta-voz da Polícia Militar, major Ivan Blaz, disse que havia uma ocupação do 7º Batalhão da Polícia Militar na região. "Nós tínhamos uma ocupação do 7º BPM motivada para estabilizar a região após denúncias de bandidos estarem fazendo o uso de escolas, inclusive, para o tráfico. Após a morte do sargento, o Bope foi para a região. Houve vários confrontos durante o final de semana na área do mangue. Tivemos a apreensão de vários materiais usados em combate. Deduzimos que houve inúmeros feridos entre policiais e traficantes".

No ultimo sábado, o sargento da Polícia Militar Leandro Rumbelsperger da Silva, de 40 anos, foi morto a tiros durante um patrulhamento na comunidade. Segundo informações da polícia, criminosos dispararam contra os militares do 7º BPM (São Gonçalo). Ele chegou ao Hospital Estadual Alberto Torres, por volta das 6h20, mas não resistiu.

Sobre os corpos encontrados nesta manhã, Rodrigo Baptista Pacheco, defensor público geral, disse em suas redes sociais que "as equipes da defensoria do Rio de Janeiro e da Ouvidoria, em companhia de outras entidades (OAB, ALERJ e FAFERJ), irão hoje, às 14h, atender as famílias do Complexo do Salgueiro em São Gonçalo". 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE