Goiás

Saiba como ajudar as comunidades atingidas pelas chuvas na Chapada dos Veadeiros

Cerca de mil famílias estão isoladas na região devido as fortes chuvas que atingem o nordeste de Goiás

Thays Martins
postado em 31/12/2021 14:58
 (crédito: Arquivo pessoal)
(crédito: Arquivo pessoal)

Cerca de mil famílias estão isoladas na região da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, devido às fortes chuvas que atingem o estado. Devido a situação, a Rede de Sementes do Cerrado e a Associação Cerrado de Pé lançaram a campanha “SOS Vão do Moleque”, para arrecadas doações para ajudar as famílias atingidas na comunidade Kalunga do Vão do Moleque em Cavalcante. 

De acordo com o líder comunitário de Cavalcante Claudomiro de Almeida Cortes, não se sabe ao certo quantas famílias estão isoladas, já que muitas vivem em áreas afastadas. Porém, há uma grande demanda por alimentos, água e itens de higiene. "Quando começou a chover, as enchentes subiram muto rápido. As estradas foram danificadas. A maior dificuldade é as estradas, que acabaram. Não tem como chegar. Tem vários rios grandes que estão muito cheios", relata. 

Ele diz que tem conversado com algumas famílias. "A principal necessidade no momento é um helicóptero porque por terra não chega. Segundo, precisamos de alimentação, roupa, e o básico, porque quando parar de chover e tivermos acesso, temos que ter comida e roupa para atendermos eles, assim que for possível", explica. 

A campanha “SOS Vão do Moleque” está arrecadando alimentos não perecíveis, água potável, materiais de limpeza e higiene. Em Brasília, os donativos podem ser entregues no Encontro à Mineira (SCRN 714/715, Bloco F, 50), de segunda a sábado das 11h às 23h. 

Também é possível ajudar pelo PIX para a Associação Quilombola Kalunga (AQK) por meio do CNPJ: 04 075 938 0001 21.

A prefeitura de Cavalcante também está solicitando a doação de medicamentos e insumos hospitalares. Os pontos de entrega são em Cavalcante (CRAS - Rua Cristão, centro (62) 3494-1074) e Alto Paraiso (CAT- Centro de Atendimento ao Turista Fone (62) 3446-1159). 

Além disso, a prefeitura tem solicitado que os interessados em ajudar como voluntários se candidatem no Centro de Convivência (antigo Peti), na Vila Morro Encantado ao lado do posto de saúde.

Auxílio do governo 

Nesta sexta-feira (31/12), o governador Ronaldo Caiado está a caminho de Teresina de Goiás, uma das cidades atingidas pelas chuvas. Em um vídeo publicado nas redes sociais, ele disse que a região está com o acesso muito dificultado e sem condições de voo devido ao mau tempo. 

O governador também informou que está levando cestas básicas para as famílias atingidas. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE