Goiás

Modelos de site erótico são investigadas por estelionato em Goiás

O prejuízo de uma das vítimas teria sido de mais de R$ 50 mil reais

Correio Braziliense
postado em 10/05/2022 21:36
Segundo a Polícia, as mulheres enganavam os clientes do site para que eles fizessem transferências bancárias -  (crédito: Reprodução/Polícia Civil de Goiás)
Segundo a Polícia, as mulheres enganavam os clientes do site para que eles fizessem transferências bancárias - (crédito: Reprodução/Polícia Civil de Goiás)

Duas mulheres, que trabalham como modelos em um site erótico — e que não tiveram os nomes revelados — estão sendo investigadas pela Polícia Civil de Goiás (PCGO) por estelionato.

A PCGO cumpriu mandado de busca e apreensão na casa das suspeitas no dia 5 de maio. No mesmo dia, a Justiça também determinou o bloqueio de bens das duas na cidade de Ribeirão Preto (SP).

Segundo a Polícia, as mulheres enganavam os clientes do site para que eles fizessem transferências bancárias. O medo das vítimas era ter as identidades reveladas como sendo usuários do site.

Uma das vítimas teria tido um prejuízo de mais de R$ 50 mil reais e, pela pressão da extorsão das mulheres, acabou realizando uma tentativa de suicídio.

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) segue investigando o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE