Covid-19: Primeiros dois pacientes têm alta de hospital da PM

Os pacientes estavam entre os primeiros a darem entrada no Hospital de Campanha da PM, que tem 19, dos 80 leitos de UTI disponíveis, ocupados

Correio Braziliense
postado em 07/08/2020 17:20 / atualizado em 07/08/2020 23:30
O hospital de campanha da PM começou a operar em 1º de agosto -  (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)
O hospital de campanha da PM começou a operar em 1º de agosto - (foto: Breno Esaki/Agência Saúde)

César Brandão Mendonça, 44 anos, e Manoel Antônio da Costa, 52 anos, foram os dois primeiros pacientes a receber alta do Hospital de Campanha do Centro Médico da Polícia Militar, nesta quinta-feira (6/8), e saíram da unidade sob os aplausos da equipe de saúde responsável por atendê-los.

César foi liberado na tarde desta quinta (6/8), enquanto Manoel recebeu alta no início da noite. Ambos estavam internados em leitos de enfermaria e em condições estáveis no hospital de campanha. O primeiro, vindo da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante, estava internado na unidade hospitalar desde o dia 2 de agosto.

“Agradeço primeiro a Deus pela minha recuperação e, segundo, à equipe que cuidou muito bem de mim. Ter alta é uma sensação indescritível. Só quem passou por isso sabe a emoção de estar com uma doença dessa e receber a notícia que agora pode reencontrar a família”, contou César, ainda em recuperação.

Para a esposa dele, Alexandra Oliveira, a volta do marido depois de vários dias internado é uma grande vitória. “O pulmão dele estava entre 50% a 75% comprometido, com muita falta de ar. Estávamos esperando apenas ter uma vaga em um hospital para mandar ele. Graças a Deus ele foi para um local que o acolheu muito bem”, elogiou Alexandra.

Manoel Antônio deu entrada no Centro Médico da Polícia Militar dia 3 de agosto. Ele veio do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) com necessidade de oxigênio, mas apresentou melhora ao longo dos dias.

O hospital

Em operação desde o último sábado (1º/8), o Hospital de Campanha do Centro Médico da Polícia Militar já está com 19 leitos de UTI ocupados. Além disso, 16 leitos de enfermaria estão sendo usados.

O hospital de campanha da PM possui 80 leitos de UTI com suporte de hemodiálise e 20 leitos de enfermaria. A implantação do hospital contou com a cooperação técnica do Instituto de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). Todos os leitos de UTI são regulados pelo Complexo Regulador de Saúde.

* Com informações da Secretaria de Saúde-DF

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação