Coronavírus: DF chega a 4,5 mil profissionais de saúde infectados

Desde o início da pandemia, 16 trabalhadores do setor perderam a vida por causa da doença

Correio Braziliense
postado em 10/08/2020 23:29 / atualizado em 11/08/2020 01:00
 (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

Após mais de cinco meses do primeiro diagnóstico de coronavírus no Distrito Federal, mais casos são confirmados diariamente. Atualmente, segundo levantamento da Secretaria de Saúde, divulgado às 18h desta segunda-feira (10/8), há 126.069 infectados na capital e 1.608 vítimas da doença. Parte dos diagnosticados são aqueles que estão na linha de frente do combate à pandemia: os profissionais de saúde.
De acordo com o relatório da pasta, 4.506 profissionais da área da saúde testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia. Desses, 16 perderam a vida para a doença.
Além disso, a Secretaria de Saúde ainda contabiliza casos entre profissionais da segurança. Ao todo, 1.169 trabalhadores do ramo foram infectados pela doença e sete não resistiram às complicações causadas pela covid-19.

Incidência


Apenas nesta segunda, o Distrito Federal registrou 3.012 casos do novo coronavírus, maior número contabilizado em 24 horas. Além disso, 29 moradores da capital faleceram devido à covid-19.
Apesar da quantidade de infectados, a Secretaria de Saúde considera que 106.419 pacientes estão recuperados da covid-19 e que há, portanto, 19.650 casos ativos. A pasta ainda contabiliza a morte de mais 154 pessoas que moravam em outras unidades da Federação, mas faleceram em hospitais locais.
Ceilândia continua como a região administrativa de maior incidência da doença. Ao todo, a cidade tem 15.754 infectados. Em seguida, está o Plano Piloto, que soma 10.194 notificações da doença, e Taguatinga, com 9.401 diagnosticados.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação