Aeroporto de Brasília espera crescimento de 58% no número de voos

Em agosto, terminal do Distrito Federal passa a atender todas as capitais estaduais

Mariana Machado
postado em 11/08/2020 10:17 / atualizado em 11/08/2020 10:17
Aeroporto de Brasília teve grande redução de numero de voos durante os últimos meses e retomada ainda é tímida -  (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
Aeroporto de Brasília teve grande redução de numero de voos durante os últimos meses e retomada ainda é tímida - (foto: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

A medida que aumenta o volume de pousos e decolagens, o Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek fica mais otimista. Embora ainda apresente fluxo tímido de passageiros no terminal, a expectativa é de que, em agosto, haja um aumento de 58% no número de voos, em comparação com julho deste ano.

Cidades como Aracajú (SE), e Impeatriz (MA), voltam a ser diretamente ligadas com a capital federal. Assim, Brasília passa a ter conexão com 35 cidades brasileiras, o que inclui todas as capitais estaduais. A média de voos para agosto está prevista para 120 pousos e decolagens diárias.

No primeiro semestre de 2020, o terminal teve 38,6 mil pousos e decolagens, e 3,9 milhões de passageiros, o que representa queda de 51,2% no movimento, quando comparado com igual período de 2019.

Adaptações

Para lidar com a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, o aeroporto precisou fazer adaptações. Até junho de 2020, o Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek registrou o menor movimento dos últimos 25 anos.

Foram necessárias adaptações, diante do perigo do vírus, seguindo os protocolos de segurança adotados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Entre elas, estão a aferição de temperatura dos passageiros no momento do embarque, distribuição de álcool em gel em diversos pontos e utilização de robôs no auxílio da limpeza.

 

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação