Pandemia

Covid-19: DF registra 19 mortes e 427 novos casos

São 1.890 óbitos e 129.611 contaminados. Até o momento, 54 pessoas com a covid-19 aguardavam uma vaga para tratamento da doença em leitos de UTI

 SARAH PERES
postado em 13/08/2020 14:04 / atualizado em 13/08/2020 14:04
Ceilândia segue à frente no ranking de cidades com maior número de casos no DF -  (foto: AFP)
Ceilândia segue à frente no ranking de cidades com maior número de casos no DF - (foto: AFP)

A Secretaria de Saúde (SES) contabilizou mais 20 mortes pela covid-19 até o início da tarde desta quinta-feira (13/8) e o número de vítimas fatais sobe para 1.890. Do total de óbitos registrados, apenas uma pessoa não era residente do Distrito Federal. Se considerarmos apenas dados de moradores locais, são 1.725 que perderam a vida na luta contra a doença.

O ranking de óbitos é liderado por Ceilândia, com 334 vítimas. Taguatinga e Samambaia ocupam a segunda e terceira posição, respectivamente, com 176 e 151 casos. Em quarto está a região do Plano Piloto (125) e, em quinto, o Gama (116).

Até o início da tarde, 54 pessoas com testes positivos para o vírus aguardavam uma vaga para tratamento da doença em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Sendo que, deste total, 32 são adultos (59,26%).

Casos por região

Levantamento realizado pela secretaria indica que mais 427 pessoas foram diagnosticadas com o novo coronavírus, chegando a 129.611 infectados. Ceilândia alcança a triste marca de 15.425 contaminados, e é a região administrativa com mais casos em toda a capital federal.

A área do Plano Piloto segue em segundo lugar, com 10.487 registros. Taguatinga aparece em terceira colocação, com 9.681 moradores locais doentes. Depois está Samambaia (8.095) e Gama (6289).

Do total de contaminados, 53,2% são mulheres (68.985) e 46,8% são homens (60.626). A faixa etária com número absoluto de infectados é de pessoas entre 30 e 39 anos (35,07 mil). Em seguida está o grupo de 40 a 49 anos (28,83 mil) e jovens entre 20 e 29 anos (24,11 mil).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação