Vicente Pires

Entrada pela EPTG para a rua 3 será interditada nos próximos dias

Bloqueio ocorrerá nestas terça (18/8) e quarta (19/8) para a conclusão dos serviços de drenagem

Correio Braziliense
postado em 17/08/2020 20:30 / atualizado em 17/08/2020 20:30
Obra de drenagem na Rua 3 em Vicente Pires está na última fase  -  (foto: Divulgação / Secretaria de Obras)
Obra de drenagem na Rua 3 em Vicente Pires está na última fase - (foto: Divulgação / Secretaria de Obras)

 A obra de drenagem na rua 3, em Vicente Pires, chega na última fase. A empresa GW, responsável pelo serviço na via, concentra no último trecho de 600 metros que faltam para implementar o sistema de escoamento das águas pluviais. Para isso, a entrada da rua pela Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG) ficará interditada nestas terça (18/8) e quarta (19/8) para o tráfego de veículos. 

Para o secretário de Obras, Luciano Carvalho, os serviços na região estão de acordo com o cronograma estabelecido pela pasta. “Nosso compromisso em entregar tudo aquilo previsto em contrato até o fim deste ano está mantido. Até o fim desta semana a drenagem da rua 3 estará concluída. Na sequência vamos partir para a conclusão da pavimentação asfáltica”, afirma.

O secretário ressaltou que as ruas 12 e 4 também estão passando por obras de drenagem para receber o novo asfalto. “As empresas estão comprometidas com os serviços e contamos com elas para que os anseios de moradores e comerciantes da região sejam atendidos”, pontua.

Obras

Com investimento de R$ 2.547.343,18, a empresa GW está na última etapa de drenagem que falta para então pavimentar os 1,5km do trecho localizado entre a marginal da EPTG até o entroncamento com a rua 8. A empresa também é responsável para colocar o meio-fio e implementar calçada. A previsão é que a obra termine antes do início do período chuvoso. 

Na rua 4, as máquinas da empresa Artec trabalham na compactação do solo para a chegada do asfalto.

Com 3,2 km de extensão, a rua 12 concentra o principal centro comercial do Vicente Pires. Em 2019, foram executados 442 metros de drenagem e pavimentação. No momento, de acordo com a Secretaria de Obras, a empresa HYTEC trabalha na execução de 2.758 metros de drenagem, sendo 1,8 mil de galeria e 878 metros de rede com diferentes diâmetros.

Nos trechos em que a drenagem já está concluída, as máquinas preparam o terreno para o asfalto. O investimento é de, aproximadamente, R$ 15 milhões.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação