PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA

Consulta pública sobre concessão do metrô vai até setembro

Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) começa a receber sugestões da população nesta terça-feira (25/8). Contribuições darão base a futura licitação

Correio Braziliense
postado em 25/08/2020 14:01 / atualizado em 25/08/2020 14:01
A consulta pública vai abrir a discussão para as sugestões da sociedade civil -  (foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
A consulta pública vai abrir a discussão para as sugestões da sociedade civil - (foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)

Interessados em apresentar sugestões para os estudos sobre a gestão, operação e manutenção do metrô do Distrito Federal têm até 25 de setembro para contribuir. Nesta terça-feira (25/8), a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob) abriu processo de consulta pública para o projeto de concessão da gestão da Companhia do Metropolitano (Metrô-DF) à iniciativa privada.

O processo ocorre por meio de parceria público-privada e prevê que todos os bens associados à concessão sejam revertidos ao patrimônio público após o término do contrato. A expectativa do Governo do Distrito Federal (GDF) é de que haja uma economia mínima anual de R$ 195 milhões, ao longo de 30 anos.

As melhorias incluem o aumento da capacidade de transporte em 70%; a redução de 40% no tempo médio de espera nos horários de pico; a renovação gradual e a ampliação da frota; instalação de ar-condicionado nos carros; aperfeiçoamento das estações em relação à funcionalidade, acessibilidade, informação e segurança; bem como conclusão da Estação 104 Sul.

As consultas à população visam promover debates sobre questões técnicas, econômicas, financeiras, jurídicas e sobre a versão preliminar do edital e do contrato que darão base à futura licitação. Em 17 de setembro, às 10h, haverá uma audiência pública sobre o projeto, no Auditório do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), no Setor de Administração Municipal (SAM).

Durante duas horas, os participantes poderão contribuir com sugestões, presencialmente ou pela internet. As propostas enviadas pela internet devem ser encaminhadas para o e-mail consultametro@semob.df.gov.br. Por correio, o endereço é: Setor de Áreas Isoladas Norte (Sain), Estação Rodoferroviária, Sobreloja Ala Sul, CEP: 70631-900, Brasília/DF. Mais informações, no site da Semob.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação