ATENDIMENTO

Saiba como está o funcionamento das agências do INSS no DF

As seis agências do DF estão funcionando e priorizando serviços como avaliação social, cumprimento de exigências, justificação administrativa e reabilitação profissional

Correio Braziliense
postado em 23/09/2020 17:58 / atualizado em 23/09/2020 18:00
Os atendimentos presenciais no INSS estão sendo feitos apenas com agendamento -  (crédito: Gabriel Pinheiro/Esp.CB/D.A.Press - 29/1/20)
Os atendimentos presenciais no INSS estão sendo feitos apenas com agendamento - (crédito: Gabriel Pinheiro/Esp.CB/D.A.Press - 29/1/20)

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, as seis agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) do Distrito Federal estão atendendo. O horário é de 7h às 13h, apenas para segurados agendados previamente pelo telefone 135 ou pelo Aplicativo Meu INSS.

Os serviços de avaliação social, cumprimento de exigências, justificação administrativa e reabilitação profissional estão sendo priorizados para que o INSS possa retomar o atendimento presencial, de forma gradual e segura.

Os serviços não disponíveis de forma presencial continuam disponíveis pelos canais remotos, o Meu INSS, site e aplicativo, e pelo telefone 135.

Medidas de segurança

As agências, nesta fase da retomada gradual, estão atendendo abaixo da capacidade habitual. Com base em estudos internos feitos pelo INSS, através de orientações do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o INSS atenderá, nas agências, apenas a quantidade de segurados que respeitem o tamanho (metragem) das instalações, a fim de propiciar o distanciamento seguro entre as pessoas.

Outra medida adotada pelo órgão é a obrigatoriedade do uso de máscaras para acessar as agências, além da aferição da temperatura corporal. Este procedimento será feito na porta da unidade, por um servidor que portará termômetro infravermelho.

Quem estiver agendado e eventualmente chegar à agência sem máscara, receberá uma máscara descartável. Antes da entrada na agência, será feita triagem para confirmar se o segurado, de fato, está agendado para aquela unidade. Portanto, é indispensável a apresentação de um documento de identificação.

Porém, quanto aos serviços de perícia médica, a secretaria afirma que estes não fazem parte das competências regimentais do INSS.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação