Homicídio

PCDF prende suspeito de assassinar pastor; crime seria uma encomenda

Homem de 18 anos confessou o crime ao ser preso na última sexta-feira (9/10), mas informou que recebeu arma e pagamento de um outro indivíduo, que teria tido o filho assassinado pelo pastor, no Piauí

Alan Rios
postado em 13/10/2020 11:51 / atualizado em 13/10/2020 13:00
O suspeito foi preso pela Polícia Civil e confessou o crime -  (crédito:  ED ALVES/CB/D.A Press)
O suspeito foi preso pela Polícia Civil e confessou o crime - (crédito: ED ALVES/CB/D.A Press)

A Polícia Civil prendeu o acusado de matar o pastor Francisco Antônio dos Santos Marques, 35 anos. O jovem de 18 anos confessou o crime cometido no dia 4 de outubro, dentro da Igreja Assembleia de Deus Voz do Calvário, e relatou que o homicídio foi encomendado por outra pessoa.

A prisão aconteceu na última sexta-feira (9/10), quando policiais faziam campana na frente da casa do suspeito e o encontraram, junto a um conhecido, entrando em um veículo. Os dois foram abordados e a polícia cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do acusado do assassinato.

Na residência do jovem, os agentes encontraram um revólver calibre 38 em cima do guarda-roupas, dentro de uma meia, além de munições, maconha e uma balança de precisão. Ele confessou a posse dos objetos.

Em depoimento, o acusado contou que a arma teria sido utilizada para matar o pastor e ainda afirmou que a usaria para cometer mais dois crimes neste último fim de semana. Segundo ele, no fim de setembro um homem no Itapoã deu a arma e uma quantia em dinheiro para que o pastor fosse morto, informando que Francisco teria matado o filho dele no Piauí.

O jovem foi preso por tráfico de drogas e posse de arma de fogo de uso restrito. A investigação segue em curso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação