PANDEMIA

Covid-19: DF tem 790 novos casos de infecção e registra mais 27 mortes

Com dados do boletim mais recente da Secretaria de Saúde, total de infectados passou de 203 mil e mortes chegaram a 3.526

Correio Braziliense
postado em 16/10/2020 19:42 / atualizado em 16/10/2020 20:14
Até agora, mais de 95% dos pacientes se recuperaram -  (crédito: Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz))
Até agora, mais de 95% dos pacientes se recuperaram - (crédito: Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz))

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) contabilizou 790 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, a quantidade de infectados chegou a 203.576, dos quais 194.176 (95,4%) estão recuperados da doença. A pasta registrou, ainda, 27 novas mortes, o que levou o total de vítimas do novo coronavírus para 3.526, incluindo moradores do DF, de Goiás e de outros oito estados. Os dados saíram em boletim divulgado na noite desta sexta-feira (16/10).

As novas mortes contabilizadas ocorreram entre 28 de junho e esta sexta-feira (16/10), quando a SES-DF registrou o óbito de um paciente em um hospital privado de Taguatinga. Na quinta-feira (15/10), foram cinco. Das 27 vítimas, três moravam em Goiás e 14 tinham entre 60 e 79 anos.

Considerando-se apenas moradores do DF, a maior incidência de casos confirmados está nos grupos de 30 a 49 anos. A letalidade da doença está em 1,8% e a taxa de mortalidade é de 106 pessoas para cada 100 mil habitantes. Os homens representam a maioria dos pacientes (58,4%) que não resistiram às complicações da covid-19, e as mulheres são a maior parcela (54,1%) entre os que receberam diagnóstico positivo.

Ceilândia, Taguatinga, Plano Piloto e Samambaia continuam nas primeiras posições na avaliação da quantidade de casos e mortes por região administrativa. Cada uma delas tem, ao menos, 13 mil infectados e 244 óbitos.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação