Lixo

Vicente Pires terá coleta seletiva a partir desta quarta-feira

Moradores devem separar papel, papelão, plástico, metal e isopor. Material será encaminhado às cooperativas de catadores

Jéssica Moura
postado em 20/10/2020 08:41
 (crédito: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)
(crédito: Gustavo Moreno/CB/D.A Press)

O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) anunciou que vai começar a oferecer coleta seletiva porta a porta na região administrativa de Vicente Pires a partir desta quarta-feira (21). A coleta convencional recolhe orgânicos e resíduos, mas para o novo serviço é preciso separar o lixo seco: papel, papelão, plástico, metal e isopor.

Além de incluir a Vicente Pires, Vila do IAPI e Setor Habitacional Bernardo Sayão na lista de regiões atendidas, o SLU informou que vai retomar a coleta seletiva em Águas Claras, Taguatinga e m parte da Estrutural, locais que tiveram o recolhimento suspenso em março por causa da pandemia do novo coronavírus.

Nesse período, as 18 cooperativas de catadores de material reciclado tiveram o trabalho de triagem também suspenso, mas voltaram aos galpões do SLU no mês passado com a adoção de medidas sanitárias como o uso de máscaras. No entanto, o SLU informou que os resíduos recolhidos não passam mais por quarentena de 48 horas, após orientação da Secretária de Saúde. Assim, os catadores teriam mais tempo para trabalhar na separação do material. 

O serviço ainda não chegou às cidades de Arniqueira, SIA, Jardim Botânico, Fercal, Planaltina e Pôr do Sol e Sol Nascente. O projeto teve início no ano passado, e, atualmente, 27 regiões administrativas são contempladas pela coleta seletiva. A meta do SLU é ampliar o serviço às 33 regiões do Distrito Federal. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação