Outubro rosa

Outubro Rosa: Policlínicas retomam atendimentos ginecológicos

Durante a campanha do Outubro Rosa, as 15 policlínicas do DF estarão agendando consultas e realizando ações preventivas contra o câncer de mama e do colo do útero

Correio Braziliense
postado em 20/10/2020 09:55 / atualizado em 20/10/2020 09:56
Os atendimentos se estenderão até a primeira quinzena de novembro  -  (crédito: Divulgação/Agência Saúde)
Os atendimentos se estenderão até a primeira quinzena de novembro - (crédito: Divulgação/Agência Saúde)

As consultas ginecológicas e ações preventivas contra o câncer de mama e do colo do útero foram retomadas nas policlínicas da rede pública de saúde que possuem atendimento de ginecologia. Ao todo, serão 15 unidades realizando os atendimentos que se estenderão até a primeira quinzena de novembro, dando, assim, continuidade à campanha Outubro Rosa.

Os atendimentos serão nas policlínicas localizadas na Asa Norte, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I, Guará I, Sobradinho, Planaltina, Gama, Paranoá, São Sebastião, Brazlândia, Taguatinga (QSD 12 e no hospital regional) e na Ceilândia (QNM 27 e na QNN 16).

A decisão de retomar o atendimento marca o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Mama, comemorado nesta segunda-feira (19/10). Mas, segundo a chefe da Assessoria de Política de Prevenção e Controle do Câncer da Secretaria de Saúde, Érica Batista, o fato que pesou na decisão foi o quadro de estabilidade dos casos de covid-19, além do cenário de queda da taxa de transmissão do novo coronavírus no DF.

A reativação do serviço também foi possível diante do retorno dos profissionais que estavam nos hospitais atendendo pessoas acometidas pela covid-19 aos postos originais de trabalho, afirma Érica. A retomada das consultas ocorre simultaneamente em todas as Regiões de Saúde do DF.

A chefe da assessoria esclarece, ainda, que a porta principal de entrada para esse tipo de serviço são as unidades básicas de saúde (UBSs) mas, durante o Outubro Rosa as policlínicas, de forma excepcional, também passaram a agendar consultas.

Outubro Rosa

A campanha Outubro Rosa é promovida nacionalmente pelo Ministério da Saúde e pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). O objetivo é conscientizar mulheres sobre a importância da prevenção à doença, que tem crescido em todo o país. Para este ano, o Inca estima que serão registrados 66,2 mil novos casos.

A Secretaria de Saúde disponibilizou o Hospital Regional de Taguatinga para a Semana de Reconstrução Mamária, que será realizada entre os dias 26 e 30. O Centro Cirúrgico, a enfermaria e o Centro de Material e Esterilização ficarão reservados para atender 40 mulheres. Elas farão reconstrução mamária, mastectomia com retirada total, reconstrução imediata dos seios e tatuagem de aréolas das mamas.

No Distrito Federal, por causa da pandemia, o número de cirurgias no HRT durante o Outubro Rosa teve que ser reduzido. No ano passado, durante a campanha, foram feitos 72 procedimentos. Para ampliar o serviço, as unidades administradas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges-DF, que inclui o Hospital de Base e o Hospital Regional de Santa Maria, também entraram na campanha, além das seis Unidades de Pronto-Atendimento (Upas). A expectativa é atender mais de 1,1 mil mulheres.

* Com informações da Secretaria de Saúde

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação