Igreja Católica

Papa Francisco nomeia Dom Paulo Cezar Costa como novo arcebispo de Brasília

Dom Paulo Cezar assume a posição deixada por Dom Sérgio da Rocha em março; ele deve tomar posse em dezembro de 2020

Hellen Leite
postado em 21/10/2020 07:35 / atualizado em 21/10/2020 07:44
 (crédito: Redes sociais/Reprodução)
(crédito: Redes sociais/Reprodução)

Dom Paulo Cezar Costa é o escolhido do papa Francisco para assumir a arquidiocese de Brasília. O cargo estava vago desde março, quando Dom Sérgio da Rocha foi transferido para a arquidiocese de Salvador (BA), e era ocupado interinamente por Dom José Aparecido, administrador da arquidiocese. A posse está prevista para dezembro de 2020.

A notícia foi divulgada por Dom Paulo Cezar em uma carta. Na mensagem, ele diz ter acolhido o pedido do papa com "filial obediência, comunhão e gratidão". "Entro na vida desta Igreja Particular com muito respeito pela sua caminhada, pelo trabalho dos meus predecessores, principalmente o Cardeal Sérgio da Rocha, que doou a vida por vários anos nesta Igreja. Vou com a disposição de vos conhecer, amar e doar o melhor de minhas forças", escreveu.

Na carta, o novo arcebispo de Brasília também manifesta comunhão com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e diz que espera estabelecer diálogo com os Poderes da República e com a sociedade. "A cultura do diálogo nos ajudará a continuarmos a construir uma sociedade mais humanizada, mais à altura da grandeza da dignidade humana", comentou.

O religioso de 53 anos é natural de Valença, no Rio de Janeiro, e foi um dos articuladores da Jornada Mundial da Juventude de 2013, na capital carioca, onde teve a oportunidade de conviver com o papa Francisco. Á época, ele era bispo-auxiliar na cidade, além de professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ).

Em 2016, se tornou bispo de São Carlos (SP), quando administrou cerca de 120 paróquias, com 149 padres e aproximadamente 1 milhão de fiéis. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação