Rally dos Sertões

Brasília recebe Rally dos Sertões a partir desta sexta

A competição acontecerá entre os dias 30 de outubro e 7 de novembro. Entre as atrações que farão parte do evento estão Alok e Nelsinho Piquet

Correio Braziliense
postado em 29/10/2020 13:10 / atualizado em 29/10/2020 13:11
Nelsinho Piquet é um dos participantes do Rally dos Sertões -  (crédito: Jose Mario Dias/Divulgação Setur-DF)
Nelsinho Piquet é um dos participantes do Rally dos Sertões - (crédito: Jose Mario Dias/Divulgação Setur-DF)

Brasília consolida-se cada vez mais como um dos mais importantes destinos turísticos do país. O reconhecimento fez com que os organizadores do tradicional Rally dos Sertões optassem por realizar a sua passagem pela capital. A competição, que sairá de São Paulo, acontecerá entre os dias 30 de outubro e 7 de novembro, quando chegará a Barreirinhas, no Maranhão.

Para a realização do evento, foi adotado um rígido protocolo de segurança. Este ano o rally se deslocará de “bolha” em “bolha” - acampamentos fechados - ao invés do modelo tradicional de cidade em cidade. Desde antes da largada, os pilotos, equipes e organização da corrida ficarão confinados em acampamentos, sem acesso ao público local. Os pilotos e navegadores que disputarão a prova começarão a chegar a Brasília, que abrigará a primeira “bolha”, no sábado (31/10) e ficarão na capital até segunda (2/11), quando seguem para a próxima etapa do rally.

Como legado, as tradicionais ações sociais dos Sertões irão trazer às comunidades carentes do DF uma unidade de telemedicina, com atendimento focado em dermatologia pediátrica, além de distribuição de cerca de mil cestas básicas, que devem privilegiar compras de insumos alimentícios de pequenos produtores locais. Segundo o secretário de Governo, José Humberto Pires, a festa é importante para a comunidade do DF. “Foi isso que levou o governador Ibaneis Rocha a determinar que déssemos apoio para que a corrida passasse por Brasília”, afirma .

O esforço para que a corrida não fosse cancelada foi grande, conforme explica Joaquim Monteiro, CEO da Dunas Race, organizadora do Sertões. Segundo ele, seria a primeira vez que a competição teria mais expedicionários do que pilotos. “Ponderamos todos os cenários sobre um eventual cancelamento, como ocorreu com diversas atividades, e decidimos por um meio-termo, um formato mais enxuto”, afirma ele.

A secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, afirma que a passagem da competição pela capital federal é fruto do destaque que Brasília conquistou enquanto destino turístico seguro. “A imagem de Brasília será projetada para todo país e para o mundo pelo olhar da competição, que busca sempre mostrar os tesouros que o Brasil tem em seu interior", diz.

Para Vanessa, hoje Brasília é uma cidade completa, diferenciada e um destino que oferece um leque de opções de atrativos nas mais diversas áreas, que terão visibilidade com a passagem da competição pela capital. “Essa Brasília que vai além do que as pessoas imaginam será mostrada com a passagem do Rally dos Sertões”, afirma. "Muita gente conhece diversas partes do mundo por imagens marcantes e desconhece as maravilhas que temos no Brasil. No Distrito Federal não é diferente, temos muito a mostrar", completa.

Praticamente todas as áreas do GDF atuaram para concretizar a passagem do Rally pela cidade, conforme explica a secretária. "Foi um trabalho a muitas mãos, como tem sido costume neste governo. Buscamos interlocução entre vários órgãos para viabilizar a realização desta etapa dentro de todas as exigências que o momento de pandemia nos traz", aponta.

Atrações

A 28ª edição do Sertões terá atrações especiais. A lista inclui o chef de cozinha franco-brasileiro Olivier Anquier, o empresário e apresentador Álvaro Garnero, os pilotos Rubens Barrichello, Thiago Camilo, Felipe Fraga e os brasilienses de coração Alok e Nelsinho Piquet.

Nascido na Alemanha, mas criado na capital federal, Nelsinho Piquet terá a chance de disputar a competição na capital a bordo de um off-road UTV Can-Am Maverick X3. "Sem dúvida vai ser uma experiência muito especial: é o maior Rally das Américas, conhecido por seus desafios e belezas; e ainda este ano vai passar por minha cidade, Brasília, e chegar em Barreirinhas, o local que escolhi para ter minha casa de férias e que considero um dos lugares mais bonitos do Brasil”, declarou o filho do tricampeão da Fórmula 1, Nelson Piquet.

O piloto, que já morou em diversos lugares mundo afora, afirma que tem Brasília como casa e sempre que pode vem visitar a família. “Sinto muita saudade de Brasília, é uma cidade maravilhosa, onde tenho amigos e minha família. Quando venho procuro aproveitar ao máximo o que a cidade tem a oferecer”, afirma.

Para o DJ Alok, a experiência também será especial. Sua primeira experiência no automobilismo será justamente no Sertões 2020, também a bordo de um UTV. Mais do que a aventura ou a adrenalina de desbravar o interior do Brasil em alta velocidade, o que mais atraiu a atenção de Alok para o maior rally das Américas foi sua dimensão social. Após sua participação na segunda etapa do Sertões 2020, o DJ fará questão de conhecer a primeira Unidade de Teleatendimento (UTA) entregue pelo Saúde e Alegria Sertões Brasil (SAS Brasil), a ação social oficial do Sertões desde 2013, que oferecerá atendimento médico de qualidade e gratuito às comunidades carentes por onde a prova vai passar.

“Foi um prazer enorme aceitar fazer parte dessa ação e não pensei duas vezes em participar. É sempre uma honra e alegria fazer parte de iniciativas que impactam positivamente a vida das pessoas e participar do Sertões 2020, que tem como grande campeão a solidariedade através do SAS Brasil, é realmente muito prazeroso”, destaca.

Segundo a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, que é embaixadora do Sertões 2020 em Brasília, a presença de grandes nomes do entretenimento e do esporte no rally engrandece a dimensão social da competição. “São nomes que usam seu prestígio para divulgar as ações de solidariedade que são o foco da edição deste ano. E Brasília tem ainda o privilégio de ter duas personalidades que podem apresentar a cidade para o mundo com esse olhar especial e afetuoso de quem é daqui”, diz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação