Turismo

Ferramentas virtuais vão impulsionar o turismo receptivo no DF

O encontro contou com a presença de 50 empresários que conheceram os roteiros do Brasília Tour Virtual, projeto que permite uma visitação on-line dos pontos turísticos da capital

Correio Braziliense
postado em 29/10/2020 11:51 / atualizado em 29/10/2020 11:52
Objetivo da reunião é criar estratégias para fortalecer o setor  -  (crédito: Gustavo Camara/Setur-DF)
Objetivo da reunião é criar estratégias para fortalecer o setor - (crédito: Gustavo Camara/Setur-DF)

Nesta quarta-feira (28/10), a secretária de turismo, Vanessa Mendonça, recebeu os empresários da Associação Brasiliense das Agências de Turismo Receptivo (ABARE), para apresentar as ferramentas da Setur-DF disponíveis para o setor. O encontro foi na sede da secretaria, com a presença de 50 empresários que conheceram os roteiros do Brasília Tour Virtual, projeto que permite uma visitação on-line dos pontos turísticos da capital.

A secretária explica a importância da ferramenta para quem trabalha no segmento receptivo. “As informações sobre monumentos e atrativos estão à mão a qualquer hora. Basta acessar o link disponível no site da Secretaria ou baixar o aplicativo do Google Earth. Assim, conseguimos mostrar que Brasília é muito mais do que o centro administrativo do país. Cabe a nós mostrar essa riqueza multicultural que é a nossa capital”, destacou Vanessa

De acordo com a coordenadora de Qualificação e dos Centros de Atendimento ao Turista da Setur, Marcella Godoy, a secretaria tem trabalhado na concepção dessas rotas na intenção de facilitar a vida do profissional de turismo. “Elas foram elaboradas de uma forma, sobretudo, lúdica para facilitar a navegação, para que os empresários do receptivo tenham tempo hábil para acessar as informações.” Ela também ressaltou a importância da qualificação dos trabalhadores do setor, que representam o primeiro contato do visitante com a cidade.

Para o presidente da ABARE, Reinaldo Ferreira, a iniciativa da Secretaria de receber os empresários do Turismo Receptivo é de suma importância para a manutenção e evolução do setor. “A gente já passou por diversas gestões de governos e tenho certeza que nunca fomos recebidos dessa forma. Sinto-me respeitado e vejo todos os nossos trabalhadores respeitados também”, ressaltou. Ele lembrou que o Aeroporto Internacional de Brasília é o terceiro de maior fluxo interno no país, o que pode permitir crescimento do setor com incentivos para o stopover doméstico.

 

Brasília Tour Virtual

O projeto integra as ações da Setur para a celebração do aniversário de 60 anos de Brasília. O objetivo da ação é fomentar o turismo de forma segura, obedecendo as medidas de segurança para contenção da pandemia de covid-19. Ao todo, são sete rotas temáticas com mais de 80 pontos turísticos que melhor representam a cidade: Rota Cívica, Rota Cultural, Rota Arquitetônica, Rota Náutica, Rota do Cerrado, Rota da Paz e Rota Fora dos Eixos. Os roteiros permitem um passeio pelas belezas e encantos da capital federal.

No Brasília Tour Virtual, é possível conferir em detalhes as famosas linhas e curvas da arquitetura de Oscar Niemeyer, os locais mais icônicos e também os menos conhecidos, dentro e fora dos eixos, e até os mais surpreendentes tesouros naturais escondidos pelas regiões do DF e seu entorno, como o Parque Nacional de Brasília, a Chapada dos Veadeiros e a região rural do Viva Lago Oeste.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação