Ataque abelhas

Três pessoas são atacadas por abelhas no Parque da Cidade

Elas foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros, mas recusaram o transporte para o hospital. Segundo o Corpo de Bombeiros a situação foi controlada e um apicultor profissional realiza transferência da colmeia para outro local

Thais Umbelino
Thalyta Guerra*
postado em 10/11/2020 14:59 / atualizado em 10/11/2020 15:12
 (crédito: Breno Fortes/CB/D.A Press - 5/12/14 
)
(crédito: Breno Fortes/CB/D.A Press - 5/12/14 )

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado para atender a um chamado de ataque de abelhas no Parque da Cidade, na manhã desta terça-feira (10/11), às 8h51. Três pessoas foram atendidas pelos militares no momento do acidente, mas não quiseram ser levadas ao hospital. 

O caso aconteceu na altura do estacionamento do Pavilhão de Exposições do Parque. Segundo informações dos bombeiros, não é possível precisar se houve mais vítimas."Pois, uma pessoa pode levar apenas uma picada e não informar nada", explicou a corporação. A situação já foi controlada e no momento, um apicultor parceiro da CBMDF realiza a apreensão dos insetos por meio de uma caixa de captura, para transferi-los para outro local.

"De acordo com o profissional responsável, a colmeia já estava consolidada há bastante tempo, porque foi possível extrair de 12 a 15 vasos de mel da colmeia", explicou o tenente Marcelo de Abreu. Segundo o militar não é possível precisar o que causou a agressividade das abelhas. "Se alguém jogou uma pedra no local, por exemplo, pode ter atiçado as abelhas e essas começaram a atacar os frequentadores que estavam no local. Os insetos são cães de guarda e sempre defendem a colmeia, se ela estiver sobre risco", completou o militar. 

Essa não é a primeira vez que as abelhas fazem vítimas no Parque da Cidade. Em  julho, a advogada Luana Vieira, acompanhada da mãe, de 72 anos, e dos dois cachorros, foi atacada por um enxame de abelhas que estava no gramado do Estacionamento 6. Um dos bichos de estimação não resistiu aos ferimentos e morreu

Memória

Em 27 de agosto, moradores de Planaltina foram surpreendidos por um ataque de abelhas, no Setor de Oficinas da cidade. Uma colmeia estava entre as árvores e atacou quem passava na região a pé ou de bicicleta. Pelo menos três pessoas se feriram e uma precisou ser hospitalizada com mais de 50 ferroadas. O Corpo de Bombeiros foi chamado e confirmou as informações. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação