TEMPO

Depois do calor de 31,6 º C, começa a chover no DF

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja sobre chuvas entre 30mm/h e 60 mm/h, ventos intensos que variam de 60km/h a 100 km/h

Ana Clara Avendaño*
postado em 11/11/2020 16:52
Brasília-DF. 30/10/2020 10:04. Marcello Casal Jr/Agência Brasil. Chuvas no Distrito Federal, nesta sexta-feira. Imagem mostra Torre de TV cercada por nuvens de chuva sob o para-brisas de um carro tomado por gotas.  -  (crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Brasília-DF. 30/10/2020 10:04. Marcello Casal Jr/Agência Brasil. Chuvas no Distrito Federal, nesta sexta-feira. Imagem mostra Torre de TV cercada por nuvens de chuva sob o para-brisas de um carro tomado por gotas. - (crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Após máxima de 31,6 ºC, desta quarta-feira (11/11), na Ponte Alta Norte (Gama), o céu está com muitas nuvens carregadas e a já houve registro de chuva em regiões como Guará, Lago Sul, Arniqueira e Sudoeste. Os brasilienses devem ter cuidado, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta laranja de precipitações entre 30mm/h e 60 mm/h, ventos intensos que variam de 60km/h a 100 km/h. Além de risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O Inmet aconselha em caso de rajadas de vento, não se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. “Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia”, frisa o aviso.

Assim como o Instituto, a Defesa Civil do Distrito Federal advertiu, na última terça-feira (10/11), sobre possibilidade de forte precipitação com ventos intensos e trovoadas isoladas. E ainda, lembrou sobre a necessidade de ter cautela com alagamentos e no trânsito.

Novembro

Enquanto ao longo de todo o mês de outubro caíram 165 mm, apenas nos primeiros 10 dias de novembro já choveram 102,2 mm, o que corresponde a 45% da média mensal. A expectativa para todo o mês é de 226,9 mm. Segundo o Inmet, o aumento da temperatura e da umidade relativa do ar favorece o aumento da quantidade de precipitações. Nesta quarta-feira (11/11), por exemplo, a umidade variou entre 30% e 95%.

*Estagiária sob supervisão de José Carlos Vieira



  • Brasília-DF. 30/10/2020 10:04. Marcello Casal Jr/Agência Brasil. Chuvas no Distrito Federal, nesta sexta-feira. Imagem mostra Torre de TV cercada por nuvens de chuva sob o para-brisas de um carro tomado por gotas.
    Brasília-DF. 30/10/2020 10:04. Marcello Casal Jr/Agência Brasil. Chuvas no Distrito Federal, nesta sexta-feira. Imagem mostra Torre de TV cercada por nuvens de chuva sob o para-brisas de um carro tomado por gotas. Marcello Casal Jr/Agência Brasil
  •  Frente fria traz tempestade, ventania e causa alagamentos no Rio de Janeiro. Acesso à Avenida Armando Lombardi com bolsão d'água prejudica o trânsito de veículos e pedestres na Barra da Tijuca.
    Frente fria traz tempestade, ventania e causa alagamentos no Rio de Janeiro. Acesso à Avenida Armando Lombardi com bolsão dágua prejudica o trânsito de veículos e pedestres na Barra da Tijuca. Fernando Frazão/Agência Brasil
  • Um homem usando uma máscara de proteção facial se protege da chuva sob um guarda-chuva enquanto caminha ao longo de Holborn, no centro de Londres, em 21 de outubro de 2020, enquanto o governo considera novas medidas de bloqueio para combater o aumento de novos casos de coronavírus COVID-19. A Grã-Bretanha sofreu o pior número de mortes na Europa por coronavírus, com quase 44.000 mortes em 28 dias após um resultado de teste positivo. Depois da calmaria do verão, os casos estão crescendo novamente, como em outras partes do continente - assim como as mortes, com 241 registrados apenas na terça-feira.
    Um homem usando uma máscara de proteção facial se protege da chuva sob um guarda-chuva enquanto caminha ao longo de Holborn, no centro de Londres, em 21 de outubro de 2020, enquanto o governo considera novas medidas de bloqueio para combater o aumento de novos casos de coronavírus COVID-19. A Grã-Bretanha sofreu o pior número de mortes na Europa por coronavírus, com quase 44.000 mortes em 28 dias após um resultado de teste positivo. Depois da calmaria do verão, os casos estão crescendo novamente, como em outras partes do continente - assim como as mortes, com 241 registrados apenas na terça-feira. JUSTIN TALLIS / AFP
  • Chuva no DF
    Chuva no DF Carlos Vieira/CB/D.A Press
  • Chuva: Pista molhada no Núcleo Bandeirante
    Chuva: Pista molhada no Núcleo Bandeirante Minervino Júnior/CB/D.A Press
  • Carros na chuva
    Carros na chuva TV Brasília/Reprodução
  • #chuvanodf Leitores mandam fotos e vídeos sobre a chuva no DF
    #chuvanodf Leitores mandam fotos e vídeos sobre a chuva no DF Thais Carvalho
  • Chuva na área central de Brasília
    Chuva na área central de Brasília Ed Alves/ CB/ DA press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação