Tráfico de drogas

Mulher é presa no Gama transportando 84kg de maconha em carro

Durante a revista no automóvel, policiais encontraram 124 tabletes de maconha escondidos nas portas, bancos e para-choque. Os policiais notaram que o chassi, o motor e as etiquetas do veículo estavam adulteradas e que o documento do carro apresentado também era falsificado

Darcianne Diogo
postado em 24/11/2020 21:16 / atualizado em 24/11/2020 21:22
 (crédito: PRF/Divulgação)
(crédito: PRF/Divulgação)

Uma mulher, de 28 anos, acabou presa em flagrante após ser abordada em uma fiscalização de trânsito da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Engenho das Lajes, na BR-060, no Gama, na tarde desta terça-feira (24/11). No interior do veículo que ela conduzia, um Pálio, policiais encontraram 84kg de maconha.

Inicialmente, a equipe havia abordado um outro carro, um Siena, conduzido por um jovem de 24 anos. O rapaz informou à equipe que estava retornando de Dourados (MS) com destino a Brasília. Ao notarem que não havia bagagem no automóvel, os policiais desconfiaram e o questionaram. O motorista afirmou que tinha ido acompanhar uma amiga, que estaria vindo atrás com outro carro. Disse, ainda, que não conhecia o caminho.

Ao pararem o carro, a mulher alegou aos policiais que trabalhava como motorista de transporte por aplicativo e que tinha recebido R$ 7 mil para dirigir para um cliente até Dourados (MS). Contudo, segundo ela, ao chegarem na cidade, o homem a informou que ela precisava retornar para a capital da República e pediu que ela deixasse o veículo na casa dele.

Em resposta, a jovem alegou que não sabia o caminho de volta e, com isso, o homem lhe ofereceu mais R$ 2 mil a um amigo para acompanhá-lo, o mesmo que também foi abordado pela PRF. Durante a revista no automóvel da mulher, a equipe encontrou 124 tabletes de maconha escondidos nas portas, bancos e para-choque. Os policiais notaram que o chassi, o motor e as etiquetas do veículo estavam adulteradas e que o documento do carro apresentado também era falsificado.

O homem e a mulher foram presos e encaminhados à 20ª Delegacia de Polícia (Gama) para registro do flagrante. Eles responderão por tráfico de drogas. A mulher também responderá por adulteração dos sinais identificatórios do carro e uso de documento falso.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE