Privatização

Delmasso vai representar Câmara Legislativa no leilão da CEB

Ato deve ser publicado no Diário Oficial da Casa desta quinta-feira (26/11); parlamentar espera que lucro da venda amplie capacidade de investimento do GDF

Washington Luiz
postado em 25/11/2020 15:11
'Expectativa é que dê tudo certo', diz Rodrigo Delmasso (Republicanos) sobre leilão da CEB -  (crédito: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press - 2/1/19)
'Expectativa é que dê tudo certo', diz Rodrigo Delmasso (Republicanos) sobre leilão da CEB - (crédito: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press - 2/1/19)

A Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) designou o vice-presidente da Casa, Rodrigo Delmasso (Republicanos), para acompanhar o leilão de Companhia Energética de Brasília (CEB) em 4 de dezembro. O ato deve ser publicado no Diário Oficial da CLDF desta quinta-feira (26/11).

“A expectativa é que dê tudo certo no pregão da Bolsa de Valores e que a CEB seja vendida muito bem. Com certeza esses recursos vão entrar no caixa do Distrito Federal e vão ampliar a capacidade de investimento nas áreas de infraestrutura, educação e saúde”, afirmou o parlamentar ao Correio.

O preço mínimo estabelecido para a venda da empresa é de R$ 1,4 bilhão, mas o governo espera ganhar até R$ 2,5 bilhões.

Para os deputados da oposição, no entanto, a privatização da empresa deveria ser discutida e aprovada pela maioria dos distritais, o que não ocorreu. Por isso, eles entraram com uma ação na Justiça Federal para tentar barrar o leilão. O pedido foi assinado por Chico Vigilante (PT), Arlete Sampaio (PT), Leandro Grass (Rede), Reginaldo Veras (PDT) e Fábio Felix (Psol).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE