Tráfico de drogas

Ex-candidato a vereador é preso por tráfico de drogas no DF

O acusado foi candidato a vereador pela cidade do Novo Gama. O crime tinha a finalidade de financiar a campanha

Thalyta Guerra*
postado em 17/12/2020 10:50
O ex-candidato e outras duas pessoas quebraram os celulares antes de se apresentarem aos policias -  (crédito: PCDF)
O ex-candidato e outras duas pessoas quebraram os celulares antes de se apresentarem aos policias - (crédito: PCDF)

Nesta quarta-feira (16/12), a  Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu três pessoas por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Um dos envolvidos era candidato a vereador pela cidade do Novo Gama. Eles foram presos no Pedregal. 

As prisões ocorreram quando a 20ª Delegacia de Policia recebeu uma denúncia anônima informando que o político, com a finalidade de financiar a campanha, estaria trazendo carregamento de maconha do Paraguai. Os entorpecentes seriam revendidos no Distrito Federal, principalmente no Gama.

Durante a ação, os policiais reconheceram o veículo do suspeito, que estava acompanhado de mais duas pessoas. Os agentes realizaram a abordagem no momento em que o envolvido parou em uma padaria localizada no Novo Gama. Os três homens quebraram os celulares antes de descerem do carro.

O candidato a vereador estava com cerca de R$ 1,2 mil e não tinha documento do veículo. Após buscas, os policiais localizaram um pequeno tablete de maconha no banco do motorista. Os agentes localizaram, ainda, mais duas porções da droga.

Os policiais foram até a chácara onde o político morava e foram recebidos pelos pais do envolvido. Eles localizaram, em uma casa aparentemente desabitada, dois outros tijolos de maconha, embalagens para a droga e uma caixa de uma balança de precisão.

O candidato não foi eleito. De acordo com a delegacia, o local poderia ter sido utilizado para armazenagem de entorpecentes. Após as providências legais, os autuados foram recolhidos ao cárcere da PCDF.

Estagiária sob supervisão de Nahima Maciel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE