Trânsito

Começou a fiscalização na faixa exclusiva do Eixo Monumental

Apenas ônibus, táxis e vans escolares podem trafegar no corredor da direita. Motoristas flagrados na pista cometem infração gravíssima

Jéssica Moura
postado em 02/01/2021 09:48
 (crédito: Minervino J?nior/CB/D.A Press - 7/2/20                  )
(crédito: Minervino J?nior/CB/D.A Press - 7/2/20 )

A partir deste sábado (2/1) os motoristas de carros de passeio que trafegarem pela faixa exclusiva para ônibus, táxis e vans escolares nas vias S1 e N1 do Eixo Monumental serão multados pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). Nas próximas duas semanas, o órgão vai continuar orientando os motoristas sobre a nova faixa e painéis luminosos alertam sobre o corredor.

A faixa já estava reservada a esses veículos desde o início de dezembro, quando começou o período de adaptação para que os condutores se adequassem à mudança, sem que houvesse penalidades. A infração para quem for flagrado, pelos agentes de trânsito ou pelos pardais, trafegando no corredor exclusivo é gravíssima: soma sete pontos na carteira e tem que pagar multa de R$ 293,47.

Entre as seis faixas do Eixo Monumental, a Secretaria de Transporte e Mobilidade (Semob), reservou a da direita para o transporte público, no intuito de dar mais agilidade ao trajeto. A estimativa da pasta é que 160 mil pessoas utilizam os ônibus que passam pela S1 e a N1 todos os dias, em duas mil viagens.

Os carros só podem passar sobre a via na área pontilhada, que dão acesso a outras pistas. Ao todo, há 135,2 quilômetros de faixas exclusivas demarcadas em toda a capital federal, que funcionam na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB), na W3 Sul e Norte e no Setor Policial.




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE