Vacinas

Vacinas devem chegar ao DF na manhã desta segunda-feira

As mais de 100 mil doses devem ser encaminhadas para a central da rede de frios do DF e, de lá, escoltadas para os outros oito centros regionais. Apesar da expectativa, o horário pode sofrer alterações ao longo do dia

Samara Schwingel
postado em 18/01/2021 09:28 / atualizado em 18/01/2021 10:40
 (crédito: Governo de São Paulo/divulgação)
(crédito: Governo de São Paulo/divulgação)

 As 106,1 mil doses da vacina chinesa contra a covid-19, a CoronaVac, devem chegar ao Distrito Federal ainda na manhã desta segunda-feira (18/1). Forças de segurança aguardam para realizar a escolta das doses que devem chegar na Base Aérea de Brasília e, de lá, partirem para a Central de Armazenamento da Rede de Frios (SIA). Apesar da expectativa, o horário pode sofrer alterações ao longo do dia. 

Da central, as vacinas serão encaminhadas para os outros oito centros regionais. A Polícia Militar do DF realizará essa escolta. O subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, afirmou que o DF está preparado para receber e armazenar as doses e que, os próximos passos, dependem da chegada dos imunizantes. "O horário está instável, mas estamos na expectativa e preparados", disse. 

Treinamento

Durante a manhã, os profissionais de saúde do DF participam de um treinamento para manuseio e aplicação da vacina, além de serem informados da logística que será adotada pela Secretaria de Saúde.

Na tarde do último domingo (17), após a liberação do uso emergencial das vacinas, o secretário da Saúde, Osnei Okumoto, afirmou ao Correio que, assim que as doses chegarem ao DF, a vacinação terá início.

Segundo o Plano Distrital de Vacinação, os idosos e profissionais de saúde serão os primeiros a receberem as doses.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE