CRIME

Assaltantes que mataram criança em fuga na BR-070 seguem foragidos

Os suspeitos bateram no veículo onde estava a família da menina de 3 anos, que morreu após parada cardíaca. A mãe e outras duas crianças, de 6 e 4 anos, seguem internadas

Sarah Peres
postado em 09/02/2021 19:18
 (crédito: Divulgação/PRF)
(crédito: Divulgação/PRF)

Os dois acusados de matarem uma menina em um acidente de trânsito, na BR-070, seguem foragidos. O acidente de trânsito ocorreu em meio a perseguição policial, na noite de segunda-feira (8/2), depois que os suspeitos cometeram um assalto com reféns em um bar de Águas Lindas de Goiás, município distante cerca de 35km do Distrito Federal. O caso está em apuração pela 2ª Delegacia Distrital de Polícia de Águas Lindas.

A dupla iniciou a série de delitos por volta das 19h30, quando se passou por clientes do bar do município. Após acompanharem a movimentação do estabelecimento, anunciaram o assalto, utilizando armas de fogo para intimidar as vítimas. De acordo com a delegada Lorenna Peres, estavam no local o proprietário do comércio e uma funcionária.

“As vítimas foram amarradas e presas dentro de uma sala do local. Posteriormente, os suspeitos começaram a carregar dinheiro e objetos para o veículo do dono do bar, uma Nissan Frontier branca. Eles fugiram levando R$ 1,7 mil, R$ 300 em bebidas alcoólicas, além de duas caixas de energético e dois celulares”, esclareceu.

O dono do bar conseguiu ligar para um familiar e informar sobre o roubo. O parente foi o responsável por acionar a Polícia Militar do Estado de Goiás e repassar as informações necessárias sobre o veículo roubado. Com os dados, a equipe conseguiu localizar os criminosos, que não obedeceram a ordem de parada e fugiram pela BR-070. 

Em meio à forte chuva na rodovia, no km 16, próximo à Morada da Serra, os bandidos perderam o controle da caminhonete e colidiram frontalmente em um Fiat Uno preto, que seguia na pista contrária à que estava a família. A batida ocorreu em uma curva da rodovia.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal do DF, estavam no automóvel um casal com os três filhos. As crianças são duas meninas, de 3 e 6 anos, e um menino, de 4, e não usavam nenhum sistema de retenção. A garota mais nova sofreu uma parada cardíaca no local do acidente, foi reanimada por socorristas, mas não resistiu e morreu no Hospital Bom Jesus, em Águas Lindas.

As demais vítimas também foram encaminhadas à unidade hospitalar do município, mas precisaram ser levadas para atendimento médico na capital federal. Inicialmente, mãe e filha de 6 anos foram levadas ao Hospital Regional de Ceilândia. A menina sofreu apenas escoriações, mas a mulher teve deslocamento de maxilar e precisou ser novamente transferida, dessa vez, para o Hospital de Base, onde passará por cirurgia. O menino também foi internado no Base com suspeita de traumatismo craniano. O pai teve ferimentos leves.

“Depois de provocarem o acidente, a Frontier caiu em uma ribanceira, e os criminosos conseguiram fugir a pé. Agora, nossas equipes tentam identificar e prender os suspeitos. Ouvimos as vítimas do assalto e buscamos câmeras de segurança da região que possam ter captado a dupla. Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro dos acusados pode denunciar anonimamente pelo 197”, finaliza a delegada Lorenna Peres.

  •  A Frontier caiu numa ribanceira e os bandidos fugiram
    A Frontier caiu numa ribanceira e os bandidos fugiram Foto: Divulgação/PRF
  • As crianças estavam sem qualquer sistema de retenção, segundo informações da PRF
    As crianças estavam sem qualquer sistema de retenção, segundo informações da PRF Foto: PRF/Divulgação
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE