Covid-19

Ocupação de leitos de UTI no DF é de 87,5%; No Entorno, chega a quase 100%

Dos 162 leitos disponíveis para o tratamento de covid-19 disponibilizados pela secretria de Saúde no DF, 140 estão ocupados

Samara Schwingel
postado em 18/02/2021 12:18
A secretaria de Saúde diz que vai abrir mais leitos de UTI nos próximos dias -  (crédito: Breno Esaki)
A secretaria de Saúde diz que vai abrir mais leitos de UTI nos próximos dias - (crédito: Breno Esaki)

O Distrito Federal opera, nesta quinta-feira (18/2), com 87,5% de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) voltados para o tratamento da covid-19. No total, são 162 leitos disponíveis em hospitais da rede pública e contratados pela secretaria de Saúde na rede particular, sendo que 140 estão ocupados, 20 vagos e dois bloqueados aguardando liberação.  

Alguns hospitais estão com quase 100% de ocupação, como o Hospital de Campanha da Polícia Militar, que tem apenas nove leitos disponíveis de um total de 80. Também é o caso do Hospital Universitário de Brasília (HUB), que teve dois leitos contratados pela SES, ambos ocupados. 

Além disso, segundo dados da Secretaria de Saúde do DF (SES-DF), há, pelo menos, nove pacientes com suspeita ou confirmação de infecção pelo novo coronavírus aguardando encaminhamento para uma UTI. 

Entorno 

No Entorno do DF, a situação é mais crítica. Muitos dos 33 municípios — 29 de Goiás e quatro de Minas Gerais — sequer dispõem de leitos de UTI para o tratamento da doença causada pelo novo coronavírus. É o caso de Águas Lindas de Goiás, Alvorada do Norte (GO), Cidade Ocidental(GO), Corumbá de Goiás, Niquelândia (GO), Pirenópolis (GO), Santo Antônio do Descoberto (GO), São João d'Aliança (GO), Simolândia (GO), Vila boa (GO), Cabeceira Grande (MG), Buriti (MG) e Arinos (MG). 

Outros, como Unaí (MG) e Luziânia (GO) — município onde a cepa britânica já está em circulação —, operam com 56% e 90% dos leitos de UTI ocupados por pacientes com covid-19. Os dados são das secretarias estaduais e alguns municípios, como Formosa (GO), Cristalina (GO), Flores de Goiás (GO), Cocalzinho (GO), Cabeceiras (GO) e Alexânia (GO), não atualizaram os dados nas últimas 24h. 

Mais leitos

Como o Correio antecipou, a SES-DF vai abrir 36 novos leitos  na próxima semana e 60 em até 10 dias, para auxiliar no atendimento de pacientes não só residentes no DF, mas também em outros Estados que são transferidos para a capital federal. Nesta quarta-feira (17/2), houve a abertura de cinco leitos contratados pela Secretaria de Saúde no Hospital Daher, no Lago Sul. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE