Feto no lixo

Feto é encontrado dentro de saco de lixo em Ceilândia

Segundo o Corpo de Bombeiros, a placenta estava ligado ao cordão umbilical do feto, do sexo feminino, com gestação estimada em seis meses

Correio Braziliense
postado em 01/03/2021 11:25 / atualizado em 01/03/2021 11:55
 (crédito: Divulgação/CBMDF)
(crédito: Divulgação/CBMDF)

Enquanto recolhia o lixo na QNP 10, em Ceilândia, um profissional do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) percebeu duas coisas diferentes em uma das sacolas: um volume estranho e sangue. Ao abri-la, o trabalhador descobriu um feto. 

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado às 8h14 e 11 militares se deslocaram até o local para realizar o resgate, na esperança de que a criança ainda estivesse viva. Quando os socorristas chegaram, não havia mais sinais vitais.

Segundo a corporação, o feto era do sexo feminino e tinha cerca de seis meses de gestação. A placenta estava conectada ao cordão umbilical. A perícia ainda será feita no local para apurar mais detalhes do que ocorreu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE