CLDF

Deputado pede instalação de banheiros nas estações de metrô do DF

Parlamentar Agaciel Maia afirma ter recebido solicitação durante participação em um programa de rádio. Instauração é reivindicação antiga dos passageiros

Ana Isabel Mansur
postado em 18/03/2021 16:43 / atualizado em 18/03/2021 21:00
O parlamentar lembrou que existe legislação que autoriza o governo a construir esses banheiros públicos -  (crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press)
O parlamentar lembrou que existe legislação que autoriza o governo a construir esses banheiros públicos - (crédito: Minervino Junior/CB/D.A Press)

Na tarde desta quarta-feira (17/3), o deputado distrital Agaciel Maia (PL) levou ao plenário virtual da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) a reivindicação de instalação de banheiros nas estações do metrô. Segundo o parlamentar, as solicitações foram feitas por dezenas de ouvintes durante a participação do deputado em um programa de rádio.

Ele argumentou que, apesar do curto período que as pessoas passam nas estações, "é uma questão de saúde pública, nem que fossem banheiros químicos." O parlamentar também lembrou que existe legislação que autoriza o governo a construir esses banheiros públicos e apelou para que a Secretaria de Mobilidade do DF faça a instalação, sugerindo a possibilidade da instauração ser concretizada por meio de contrato de terceirização dos serviços prestados.

Em 2018, o Correio mostrou que, após o anúncio da liberação de R$ 275,5 milhões pelo então Ministério das Cidades, um dos clamores dos passageiros do metrô do DF era justamente pela instalação de sanitários. À época, a companhia alegou que a falta de banheiros públicos nas estações era uma questão de segurança e que isso era um padrão mundial, já que as estações são um terminal de embarque e desembarque no qual os usuários ficam por um curto período de tempo. A necessidade, segundo o Metrô-DF garantiu em 2018, não seria rotineira.

Questionado pelo Correio nesta quinta-feira (18/3), o Metrô-DF informou que não recebeu solicitação formal nem consulta a respeito do assunto. A Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal e o deputado distrital Agaciel Maia (PL) não haviam respondido até a conclusão desta reportagem. O espaço, portanto, segue aberto para manifestações.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE