Estelionato

Homem é preso no momento em que aplicava golpe do cartão contra idoso no Guará

Autor ligava para os alvos e informava sobre supostas compras fraudulentas feitas com cartões das vítimas. Depois, integrantes de uma associação criminosa tentavam convencer os idosos a contestar as compras e entregar o cartão de crédito para ser bloqueado

Darcianne Diogo
postado em 25/03/2021 00:12 / atualizado em 25/03/2021 00:14
Com o suspeito, policiais encontraram máquinas de cartão, dinheiro em espécie e itens usados para cometer golpes -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Com o suspeito, policiais encontraram máquinas de cartão, dinheiro em espécie e itens usados para cometer golpes - (crédito: PCDF/Divulgação)

Um homem de 40 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) ao aplicar golpe contra um idoso, no Guará 1, nesta quarta-feira (24/3). O suspeito foi detido no momento em que recebia um envelope da vítima. O pacote tinha um cartão de crédito e uma carta com pedido de bloqueio do item.

A 4ª Delegacia de Polícia (Guará) apurou que o suspeito ligava para as vítimas e informava sobre supostas compras fraudulentas feitas no cartão de crédito dos alvos. Depois, um integrante da associação criminosa passava orientações, tentando convencer o idoso a contestar as compras e pedir o bloqueio do cartão.

Os criminosos ainda convenciam a vítima a redigir uma carta, colocá-la em um envelope junto ao cartão e entregar para o suposto motoboy da agência bancária, que seria integrante do grupo criminoso. Nesta quarta-feira (24/3), o idoso suspeitou que a situação fosse um golpe e acionou a polícia.

Os policiais estavam na casa da vítima, no Guará 1, no momento em que o motoboy recebeu o envelope com a carta e o cartão de crédito da vítima. Ao ser abordado, o suspeito afirmou que morava em Minas Gerais. No local onde ele estava hospedado, na Candangolândia, as equipes encontraram dezenas de máquinas de cartão, dinheiro em espécie e materiais usados para a prática do estelionato.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE