Pandemia

Covid-19: força-tarefa do MPDFT visita obras do Hospital de Campanha

O objetivo da visita foi acompanhar o andamento das obras como parte do trabalho de fiscalização dos contratos. A equipe foi nas construções no Autódromo de Brasília, na unidade do Gama e também na de Ceilândia.

Pedro Marra
postado em 06/04/2021 18:15 / atualizado em 06/04/2021 18:36
 (crédito: MPDFT/Divulgação)
(crédito: MPDFT/Divulgação)

Os três hospitais de campanha em construção para combater a pandemia da covid-19 receberam a visita de integrantes da força-tarefa do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), na manhã desta terça-feira (6/4). O objetivo foi acompanhar o andamento das obras como parte do trabalho de fiscalização dos contratos.

Durante a visita, o coordenador da força-tarefa, o procurador de Justiça José Eduardo Sabo, e a promotora de Justiça Lenna Daher, da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social (Prodep), estiveram no Autódromo de Brasília e na unidade do Gama e na de Ceilândia. Segundo a Novacap, responsável pelos contratos, a entrega das estruturas deve ser feita em 14 de abril.

A Prodep, que também participa da força-tarefa, acompanha a regularidade dos contratos. “Após o recebimento das obras, será feita avaliação técnica para verificar se correspondem ao que foi contratado”, explica a promotora de Justiça Lenna Daher.

Acompanhamento

No início de março, representantes da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) estiveram no MPDFT para apresentar o projeto de construção dos três hospitais de campanha, que devem oferecer mais 300 leitos a pacientes com covid-19. Promotores de Justiça e representantes do Tribunal de Contas (TCDF) e da Controladoria-Geral (CGDF) participaram da reunião. “O que nos interessa é a segurança jurídica, a transparência e a exatidão em todas as fases de instalação desses hospitais”, defendeu o coordenador da força-tarefa, procurador de Justiça José Eduardo Sabo.

A força-tarefa também requisitou o cronograma para assinatura dos contratos, montagem e finalização da estrutura dos hospitais, além dos prazos para a contratação, a instalação e o efetivo funcionamento dos leitos, com equipamentos, pessoal e insumos necessários. No processo de construção dos novos hospitais, a Novacap tem a responsabilidade de licitar a montagem dos espaços e fiscalizar a execução do serviço. A Secretaria de Saúde (SES-DF) é responsável pela gestão das unidades, incluindo a contratação de equipamentos hospitalares, a assistência médica multiprofissional e o fornecimento de insumos.

*Com informações do MPDFT

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE