pandemia

Secretário de Economia diz que houve 9,3 mil contratações durante pandemia

No CB.Poder desta segunda-feira (19/4), André Clemente falou sobre as contratações de servidores para áreas direcionadas ao combate da covid-19. Desse total, 6 mil foram da saúde.

Larissa Passos
postado em 19/04/2021 18:35
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)

O CB.Poder — parceria do Correio com a TV Brasília — desta segunda-feira (19/4) recebeu o secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente. Em entrevista ao jornalista Alexandre de Paula, ele revelou que, durante a pandemia da covid-19 houve, 9,3 mil contratações de servidores para áreas direcionadas ao combate à doença na capital federal.

Segundo André Clemente, do total de contratações realizadas, seis mil fazem parte da área de saúde do DF. "Mesmo em ano de grande crise, de grande enfrentamento, de fechamento de atividades econômicas e, obviamente, com isso, conseguimos financiar o combate à essa pandemia como construir hospitais, adquirir equipamentos e contratar médicos”, afirma.

O secretário da pasta explica que o governador Ibaneis, desde a transição, preparou “todo o cenário econômico do seu governo de quatro anos”. Ele acrescenta, ainda, que, durante esse período de crise, o governo federal ajudou com o auxílio de recursos direcionados ao estado, o que foi fundamental para o GDF.

Assistente virtual

Durante a entrevista, André Clemente comentou sobre o lançamento da assistente virtual Íris. Ele explicou que a inteligência artificial é uma mensageira que faz parte da mitologia grega. “Ela (Íris) é aquela que leva boas mensagens, faz ponte entre quem informa e quem é informado”, destaca.

“Nós teremos essa inteligência artificial conversando com os contribuintes, auxiliando a pagar impostos, mandando boletos e tirando dúvidas no nosso ambiente virtual”, revela o secretário. A assistente virtual estará disponível nos portais da Secretaria da Economia nesta terça-feira (20/4).

Confira a entrevista na íntegra:

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE