Celebração do dia de São Jorge é alterada por causa da pandemia

Igreja em Taguatinga Norte promove missas com distanciamento e almoço para comemorar dia do santo guerreiro

Jéssica Moura
postado em 23/04/2021 11:10
Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido -  (crédito: Ed Alves)
Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido - (crédito: Ed Alves)

Pelo segundo ano consecutivo, as comemorações do dia de São Jorge, o santo guerreiro, serão modificadas em função da pandemia de covid-19. A celebração ocorre nesta sexta-feira (23/4).

Se, em 2020, a festa foi cancelada e a missa foi transmitida pela internet por causa da proibição das reuniões religiosas, este ano, na QNN 34, em Taguatinga Norte, uma das paróquias que tem o santo como padroeiro preparou uma programação especial para a data.

Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas e haverá comemoração presencial, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzida. Apenas pessoas da mesma família sentam em bancos próximos e a temperatura será aferida na entrada.

Além das duas missas, às 9h e às 19h, vai haver uma galinhada e uma feijoada no pátio da igreja na hora do almoço e do jantar. Os fiéis podem retirar as marmitas na lanchonete da igreja. Não é permitido comer no local.

O dia 23 de abril marca a morte de São Jorge no ano 303. Militar do império Romano, o santo foi perseguido por defender os cristãos. É dito que ele é o padroeiro dos cavaleiros porque, segundo o relato religioso, teria matado um dragão que devorava as pessoas: uma alegoria para o triunfo da fé sobre o mal. Também é invocado contra as pestes.

Além de estar entre os santos da igreja católica, também tem representações na igreja ortodoxa e na anglicana.

 

  • Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido
    Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido Foto: Ed Alves
  • Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido
    Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido Foto: Ed Alves
  • Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido
    Dessa vez, as celebrações não serão transmitidas, mas a quantidade de devotos na igreja foi reduzido Foto: Ed Alves
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE