saúde

Covid-19: DF tem 2 leitos de UTI para adultos nesta terça (27)

Ao todo, restam oito vagas nos hospitais públicos para tratamento intensivo de casos mais graves da infecção. Taxa de ocupação é de 98,24%

Jéssica Moura
postado em 27/04/2021 07:55
DF tem 2 leitos de UTI para adultos nesta terça (27/4) -  (crédito: Arquivo)
DF tem 2 leitos de UTI para adultos nesta terça (27/4) - (crédito: Arquivo)

Na manhã desta terça-feira (27/4), as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Distrito Federal registravam um índice crítico de lotação: há apenas duas vagas em toda a rede pública para tratar os pacientes adultos acometidos pela covid-19. Para este público, a taxa de ocupação é de 99,54% até às 6h26.

A situação é preocupante uma vez que é crescente a internação de pessoas nessa faixa etária. Nessa segunda-feira (26/4), durante entrevista coletiva, o secretário geral do DF, Gustavo Rocha, divulgou o balanço da situação nos hospitais por faixa etária: de 15 a 29 anos, o aumento foi de 62,5%; de 30 a 39 anos, 27,3%; 40 a 49 anos, 18,5%; e de 50 a 59 foi de 16%.

Em relação aos demais leitos, 80% das vagas para crianças infectadas pelo coronavírus estão ocupadas; quanto aos leitos neonatais, metade deles estão cheios. Com isso, restam, ao todo, oito leitos de UTI livres na rede pública para atendimento desses casos. A rede pública de saúde mobilizou 481 leitos; desses, 9 estão bloqueados e 18 aguardam liberação; 446 estão cheios.

Lista de espera

A lista de espera por uma dessas vagas ainda é longa: 91 pacientes com suspeita ou diagnóstico de covid-19 aguardam por tratamento intensivo. No entanto, o tamanho da fila tem diminuído nos últimos dias. Nessa segunda-feira, a média móvel de casos na capital federal teve uma queda de 27%. O DF acumula 357.368 casos e 7.628 mortes em decorrência do coronavírus.

Rede privada

Nos hospitais privados, a pressão sobre o sistema de saúde também é grave. A lotação dos leitos destinados a adultos chegou aos 93,37%: há 24 leitos livres para esses pacientes mais graves. No caso dos leitos pediátricos, a taxa de ocupação é de 50%. Como só há duas vagas para crianças, uma delas está ocupada. A rede privada dispõe de 400 leitos de UTI para infectados pelo coronavírus; dessem 339 estão cheios e 36 estão bloqueados.

Hospitais de campanha

Para reforçar o atendimento de saúde aos pacientes com covid-19, ainda na coletiva de imprensa dessa segunda, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, anunciou que o hospital de campanha do Gama, instalado no Bezerrão, será o primeiro a ser inaugurado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE